terça-feira, 26 de maio de 2015

Nota de solidariedade incondicional ao Dr. Roberto Vital e equipe médica


Na condição de torcedor ABCdista, venho através desta missiva expressar minha solidariedade plena ao Dr. Roberto Vital e toda a equipe médica que o acompanhava no Departamento Médico do ABC FC.

Todos nós sabemos que a vida é feita de ciclos.

Dr. Roberto Vital tinha 27 anos de casa, e uma hora as circunstâncias da vida o levaria a deixar o ABC de uma forma bem tranquila e natural, sem qualquer trauma e com as portas abertas.

No entanto, o que acabamos de testemunhar foi uma verdadeira agressão a um patrimônio moral do clube. 

Foi como se tivesse arrancado-o do ABC na marra, usando um fórceps.

Roberto Vital sempre me pareceu alguém bem simples, bem Frasqueira. O consultório dele é modesto pra quem é considerado um verdadeiro papa na medicina esportiva, porém o trabalho que a equipe de fisioterapeutas exerce é altamente eficaz.

E sua atuação contra os chinelinhos e empresários só demonstra por si só quem de verdade protege os interesses do clube.

A diretoria parece não ter o mínimo respeito pelas pessoas que são o espírito do clube e o Dr. Roberto Vital, com seu jeitão discreto e pacifista era uma delas. Uma unanimidade junto com Dudé, dona Deusinha, Seu Luís, João Bracinho e outros ABCdistas ilustres que, se nada for feito, podem ser as próximas vítimas da prepotência desses cartolas paraquedistas que estão desmandando no clube.

A saída do Dr. Roberto Vital simboliza também mais um passo na descaracterização do ABC FC, de ser um clube cordial e que respeita seus funcionários, em especial aqueles que, mesmo sendo remunerados, exercem seu ofício com muito amor.

Por isso, nesse momento de crise, prefiro ficar ao lado de quem de fato defendeu os interesses do ABC FC de verdade, ou seja, o Dr. Roberto Vital.

Nenhum comentário: