sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Sorte diferente, mesmos erros e golaços.


O ABC empatou com o Corintians em pleno Frasqueirão por 2 a 2, com gols de Michel e Anderson Paraíba para o ABC. Para o Corintians marcaram Zé Maria e Júlio Palmeira. O Alvinegro chegou aos 7 pontos se isolando momentaneamente na liderança da competição.

Eu lembro aos leitores do Blog que semana passada eu comentava que o ABC tinha vencido o Palmeira nos contra-ataques, além disso, eu disse que o meio campo do ABC só apareceu quando o adversário teve um jogador expulso. O ABC teve uma facilidade na rodada passada que contra o Corintians não existiu.

No jogo de hoje o Corintians foi montando com um nítido bloqueio na entrada na área com três zagueiros, na frente desses zagueiros mais uma linha de volantes. O resultado dessa escalação foi que os atacantes Fabinho e Kayke ficaram o jogo todo marcados, e os meias Sandro e Zé Mario não conseguiram dar sequência em bolas que vinham dos volantes.

O ABC marcou primeiro aos 13 minutos de jogo com Michel, num momento em que a equipe tentou o abafa e até que teve sucesso em mais alguns lances. O problema é que o Corintians se organizou em campo e passou a usar a velocidade dos atacantes contra a zaga do ABC, principalmente em cima do zagueiro Luizão que foi de longe a peça mais fraca do jogo. Resultado é que o Corintians dominou o jogo até virar o placar, com gol de Zé Maria aos 33 do primeiro tempo e Luciano Palmeira aos 13 do segundo tempo.

O técnico Rogerio Oliveira do Corintians errou ao se fechar cedo demais, no ritmo que ditava o Corintians iria chegar ao terceiro gol logo logo. Com um time recheado de zagueiros e volantes, o Corintians deixou de levar perigo ao gol de Saulo e em uma jogada de categoria, Anderson Paraíba driblou o zagueiro e marcou o empate aos 33 minutos do segundo tempo. 

O Alvinegro não teve forças para desempatar e teve que aceitar o ponto conquistado. 

A atuação do técnico Roberto Fonseca hoje foi no mínimo temerária. Quando ele mudou o meio campo em uma substituição dupla, tirando Zé Mario e Sandro, colocando Clebinho e Anderson Paraíba, o treinador mostrou uma afobação desnecessária. O caso é que os dois que saíram são os melhores meias do time, e ele desconsiderou uma mudança tática. Com Clebinho e Anderson Paraíba o time manteve a mesma postura tática. Somente com a entrada do atacante Júlio Cesar e a saída do volante Fabio Bahia é que Roberto Fonseca mudou taticamente o time, deixando-o mais ofensivo. Roberto Fonseca tem que apresentar mais em seu repertorio sob pena de fazer o ABC mais uma vez ficar chupando o dedo ao final do Estadual.

O ABC volta a campo para enfrentar o Alecrim no Ninho do Periquito, sábado dia 21 as 16:00hs.      

Ficha técnica


ABC 2 X 2 CORINTIANS
GOLS: ABC – Michel e Anderson Paraíba, CORINTIANS – Zé Maria e Júlio Palmeira.

Local: Estádio Frasqueirão, Natal-RN

Arbitro: Emanuel Eduardo Marinho – CEAF. 
Assistente 1: Aldeilma Luzia da Silva – CBF. 
Assistente 2: Luís Carlos de França Costa – CEAF. 
4ºArbitro: Moisés Estevão de Moura Lima – CEAF.

Cartões amarelos: Sandro (ABC); Rosilvado (Corintians);

ABC: Saulo, Reginaldo, Luizão, Leandro Amaro e Michel; Fábio Bahia (Júlio César), Daniel Amora, Sandro (Clebinho) e Zé Mário (Anderson Paraíba); Fabinho Alves e Kayke. Técnico: Roberto Fonseca.

Corintians: Bel; Alef, Júlio Palmeira, Caique Silva e Márcio Costa; Coruja, Renan (Dedé), Bodinho e Leleu; Zé Maria (Marquinhos) e Rozivaldo (Jean). Técnico: Rogério Oliveira.

Nenhum comentário: