sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

A entrevista do Dr. Ives Bezerra e o tamanho do ABC, da Frasqueira e da cartolagem


Surpresa alguma na entrevista do Dr. Ives Bezerra.

Longe de defendê-lo, ele tá média dos dirigentes locais. A diferença é que ele é transparente no que fala. 

Os demais dirigentes que mandam no clube são iguaizinhos. Ou alguém acha que o modus operandi da gestão de Paiva, Rogério, Rubens, Alex Fabiano e seus Blue Caps é de alguém que queira aspirar a Série A? A mentalidade é de Série D! O ABC está na Série B porque a concorrência ajuda.

A Frasqueira é de Série A, nos seus melhores dias lembra as torcidas dos clubes argentinos, dos times da Velha Firma Escocesa, do Borussia Dortmmund.

O ABC tem um patrimônio invejável e grandioso, com potencial enorme para o lucro e o crescimento.

Infelizmente os dirigentes e conselheiros em sua maioria são medievais, vivem no tempo da sacolinha, os patrocinadores parecem ser favor ou esmola e sempre que podem ficam chantageando o Poder Público para ajudar sem dar qualquer contrapartida. Esse patrocinador da Caixa Econômica e o dinheiro da Timemania, que me desculpem, é algo imoral não só pro ABC, mas para todos os clubes. Patrocínio de estatal deveria ser vinculado exclusivamente ao investimento do futebol de base, atrelado a educação dos garotos, como acontece na Alemanha.

A diferença é que os que citei não tem a "coragem" de Dr. Ives de admitir a mediocridade. 

O ABC e nós que fazemos a Frasqueira, somos GIGANTES demais para a pequenez da cartolagem e dos 52 que endossam qualquer ato errático vindo dos que mandam. 

E sejamos francos: se o ABC-Instituição e a Frasqueira são 2 gigantes do caralho, realidade também que nossa tradição e nossas ambições são muito superiores que o do falido futebol do RN.

Quando nos indignamos com uma declaração desastrada do Dr. Ives Bezerra, isso nos mostra que os nossos desejos, o que queremos do ABC e do futebol em geral é muito superior ao que essa cartolagem pode oferecer. 

Queremos um ABC forte como clube, como instituição e como time.

Queremos um ABC forte nas bases, disputando competições decentes.

E isso só vai acontecer quando houver um trabalho de formiguinha forte e planejado para no final de 2015, a Oposição chegar forte.

A torcida deveria desde já protestar, não dar trégua, não dar ouvidos ao demagógico discurso de união de início de temporada.

Se ela continuar calada,  ciclo vicioso continuará.

A falta de planejamento de 2011-12-13-14 já está se repetindo em 2015. A torcida, que tanto reclamou das palavras do Dr. Ives Bezerra vai aceitar isso calada?

Gustavo Lucena

2 comentários:

farinha disse...

Mas também ,tem jovens com o mesmo pensamento medíocre de Ives Bezerra, como Bruno Giovanni que prefere vê o ABC F.C. numa segunda divisão. Eu até argumentei com ele, mas ele continuou na mediocridade.

Fernando disse...

Concordo com você gustavo.porem para assumir o comando do ABC teria que ser um nome NOVO, alguém com uma visão macro de clube, porém o nome que mais se houve por aí e o de Judas tadeu que pra mim seria mais do mesmo, um sujeito de visão tacanha.quem seria o novo no ABC?