sábado, 26 de outubro de 2013

Vamos de deixar as mágoas de lado e salvar o ABC, pois sábado é vencer ou vencer!

Me recuso a comentar sobre a pífia partida apresentada hoje a tarde para todo o RN.

Não adianta chorar o leite derramado, temos 1 semana pela frente e o ABC precisa se reinventar e voltar a ter uma atuação convincente após 03 derrotas ridículas.

Nessas rodadas o ABC queimou todas as gorduras necessárias para sobreviver a degola.

O ABC entrará para o clássico ainda fora da Zona de Rebaixamento, já que, mesmo que Atlético-GO e Paysandu atualizem suas tabelas com vitórias, o ABC ainda fica fora por um triz graças ao maior número de vitórias.

Mas só um único resultado interessa: a vitória, ela tem que vir de todas as formas, a começar fora do campo: 
-Se houver atraso nos salários e premiações que se coloquem em dia; 
-Tem que haver uma campanha massiva para lotar o Frasqueirão e fazer pressão; 
-E finalmente, nada de ceder o M3 p/ a torcida do América, até porque ali tem que funcionar um trunfo só nosso. Que se coloque a disposição do adversário os 10% da carga de ingressos permitidos, que os torcedores do América sejam muito bem tratados e recebidos, afinal a maioria esmagadora deles não têm culpa do que a direção do seu time faz com a torcida do ABC quando vai jogar no puleirão de Goianinha.  Que eles sejam alojados no M1 (já tiraram as cadeiras de lá?), ainda que para isso se disponibilizem provisoriamente um maior espaço nas cadeiras. M3 é estratégico para a Frasqueira fazer uso do mesmo para empurrar o time, é um espaço inalienável.

E dentro de campo, o time precisa apresentar um futebol responsável e determinado, pois é o jogo da vida do ABC nos últimos tempos. Aqui o resultado definitivamente servirá como um divisor de água para as pretensões do clube. 

Qualquer resultado que não seja vitória pode selar a degola, ainda que restem 03 jogos no Frasqueirão, mas o resultado adverso pode abalar o time.

A Frasqueira está muito puta com o time. Ao final do ano vai querer ver 80% do plantel pelas costas. E se brincar, quer ver alguns fanfarrões travestidos de dirigentes e conselheiros bem longe do Frasqueirão.

Mas sábado é o dia fatal, é o dia de mais uma vez deixarmos às mágoas de lado e apoiar o time. É aquela situação em que um casal se separou de maneira bem litigiosa e com feridas bem abertas, mas que unem seus esforços para salvar o filho que tanto ama de uma doença grave.

Gustavo Lucena

Acessem:

3 comentários:

Luciano disse...

Onde assino?
Quero ver a torcida do mequinha naquele cantinho no lado esquerdo das cadeiras e nada mais, viu diretria?

Breno Cardoso disse...

O que me consola é que o time que vai enfrentar as pakitas vai ser totalmente diferente do de hoje

Eli Rocha disse...

Amigo, se não colocarem "bicho" no bolso desses mercenários travestidos de jogadores, voltaremos não só pra zona de rebaixamento como para a lanterna da tabela. Lamentavelmente futebol só se faz com o ingrediente chamado dinheiro, cascalho, bufunfa. amor pelo clube cabe apenas a nós que sofremos com os resultados escrotos que o ABC colheu num única semana; perder de 3 das piores 'babas' dessa série-B. Se oferecerem prêmio gordo contra as rosadinhas de Goianinha, ai o time aplica uma sonora goleada.