sábado, 21 de setembro de 2013

Ousadia e ....... bom futebol

O ABC obteve um grande resultado ao vencer hoje a vice líder da Série B por 2 a 0, gols de Gilmar e Rodrigo Silva. Com este resultado e com mais uma boa apresentação na próxima rodada contra o Boa no Frasqueirão, o ABC poderá finalmente igualar pontuação com os demais times da zona de rebaixamento. 

Não! Não vou usar a letra deste pagode fuleira que está na boca de muitos no Brasil. Vou dizer apenas que Roberto Fernandes foi ousado em sua escalação, adiantada pelo Blog na sexta. Isso por que o adversário é muito qualificado, o que normalmente forçaria uma adaptação defensiva. Roberto jogou com três atacantes e com apenas um volante volante. E esse foi o time que começou o jogo e empurrou a Chapecoense para a defesa. 

É claro que ninguém ataca impunemente. Com tantas opções ofensivas é natural que o Alvinegro estivesse exposto, e isso ocorreu. Felizmente o arranjo defensivo foi bem feito no primeiro tempo, impedindo ações mais contundentes do rival. Os pontos vulneráveis defensivamente estavam nas costas de Thiaguinho e na saída de bola. Ofensivamente o ABC, apesar de uma trapalhada ou outra, esteve bem. Impressiona a qualidade ofensiva de Gilmar, um jogador extremamente insinuante, que além do gol marcado aos 24 do primeiro tempo ainda participou de mais duas chances reais do ataque.

Na segunda etapa Gilmar machucado foi substituído pelo volante Leandro Santos, que corrigiu o problema na lateral direita, permitindo uma melhor atuação de Thiaguinho. O jogo se tornou nervoso na medida em que a Chapecoense foi pra cima e o ABC teve dificuldade em manter o ritmo do jogo. O bom meio campo e o rápido ataque não apareceram devido ao trabalho de Daniel Paulista e Somália no meio, além da grande partida que fizeram Lino e Boaventura. Aos 33 da segunda etapa Giovanni Augusto, que oscilou durante o jogo, cobrou escanteio na cabeça de Rodrigo Silva, que frio fuzilou de cabeça o goleiro adversário. 

Vários destaques positivos. Gilmar joga muito, Rodrigo Silva briga muito e resolve, Daniel Paulista foi ao limite físico e resistiu, assim como Bigú e Somália.  

Dois puxões de orelha. Alvinho está numa crescente física e técnica, mas não pode abaixar a cabeça. O Giovanni Augusto é outro que as vezes desliga no jogo, mas quando está aceso resolve o jogo. 

Não há destaques negativos sobre futebol, mas sobre arbitragem sim. No primeiro tempo o arbitro Grazianni Maciel Rocha começou a distribuir cartões amarelos convenientemente só para o ABC. Quando ainda no primeiro tempo o atacante Tiago Luis deu uma cotovelada em cheio no Flavio Boaventura, apenas aplicou o amarelo. É bom estar muito experto. 

O ABC volta a campo no próximo final de semana, sábado dia 28 as 21:00hs contra o Boa Esporte.

Ficha Técnica

Local: Estádio Frasqueirão, Natal/RN.

Árbitro: Grazianni Maciel Rocha.
Assistente 1: Broney Machado.
Assistente 2: Kildenn Tadeu Morais de Lucena.
4º Árbitro: Carlos José da Silva.

ABC(2): Wilson Júnior, Thiaguinho, Boaventura, Lino e Wesley Bigu (Rodolfo Testone); Daniel Paulista, Somália (Michel Schomoller) e Giovanni Augusto; Alvinho, Rodrigo Silva(1) e Gilmar(1) (Leandro Santos). Técnico: Roberto Fernandes.

Chapecoense(0): Rodolpho (Juliano), Fabiano, Rafael Lima, André Paulino e Fabinho Gaúcho; Wanderson, Paulinho Dias, Athos (Fabinho Alves/Soares) e Neném; Tiago Luís e Bruno Rangel. Técnico: Gilmar dal Pozzo.

Nenhum comentário: