quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Jogamos bem mesmo escorregando duas vezes

Com gols de Rodrigo Silva duas vezes, Edson e Alvinho, o ABC fez 4 a 2 no Sport pela 21ª rodada da Série B. Para o Sport marcaram Marcos Aurélio e Lucas Lima.

Rodrigo Silva a lá Messi

O Alvinegro fez um senhor jogo hoje contra o Sport. Não fosse dois erros em saída de bola, o Mais Querido teria sido de campo sem sofrer gols.

Quando o time joga mal é difícil comentar o jogo por que fica complicado apontar coisas boas sobre o desempenho do time em campo. Da mesma maneira quando a equipe vai bem demais como hoje, é muito difícil comentar as falhas da equipe. Mesmo assim vou tentar mostrar os dois lados da moeda.

É visível que o rendimento dos novos contratados está aumentando, mais destacadamente o atacante Gilmar, o volante Daniel Paulista e o meia Giovanni Augusto. Os três dentro de suas competências vêm mostrando uma participação qualificada, que faz o ABC ter um crescimento técnico acentuado.  O Daniel Paulista é um volante muito inteligente, é difícil encontrar uma jogada desequilibrada dele que sempre é preciso. Giovanni Augusto mostra uma crescente física que o permite ocupar a faixa central do ataque e acionar opções ofensivas com maio velocidade. O atacante Gilmar desequilibra desde que chegou por que é rápido, protege muito bem a bola e tem uma presença de área bastante considerável. 

Além dos novatos, é visível o crescimento de Edson como um homem de meio campo. Vem sendo a principal opção quando o assunto é força e disposição. É visível também o quanto Rodrigo Silva, ou um atacante de área inspirado faz em qualquer time. O Rodrigo vai muito bem obrigado.  

O ABC conseguiu na partida contra o Sport aliar uma forte pegada no meio campo e velocidade na saída de bola, isso significou num domínio dos 90 minutos de jogo. A consequência deste produção defensiva e ofensiva é que o Sport não viu a cor da bola durante o jogo. 

Os pontos negativos do jogo foram as duas falhas defensivas nos gols do Sport, ambas em erros na saída de bola pela esquerda. O Rodolfo Testoni também foi uma peça abaixo da critica, não atacou bem e contribuiu nos erros dos dois gols.

De todo modo o ABC começa a se aproximar dos demais adversários da zona de rebaixamento. Fica claro que o ABC irá se aproxima da briga e poderá, quem sabe, reverter à tendência de rebaixamento principalmente se erros defensivos não se repitam. É preciso também que os jogos fora de casa resultem em pontos, coisa que até agora não aconteceram. 

O ABC no próximo final de semana, sábado as 16:20hs, visitará o Ceará Sporting no Castelão. Uma vitória seria algo  extraordinário. 

Ficha Técnica

Local: Estádio Frasqueirão, em Natal/RN.
Público: 3.527 torcedores.

Arbitro: Antonio Neuriclaudio do Rego Costa (AC).
Assistente 1: Ailton Farias da Silva (SE).
Assistente 2: Karol V M Soares Martins (PI).
4º Arbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN).

ABC(4): Getúlio Vargas; Bileu, Flávio Boaventura, Rogélio e Rodolfo Testone; Daniel Paulista, Edson(1), Giovanni Augusto (Guto) e Erick Flores (Alvinho(1)); Gilmar (Pingo(1)) e Rodrigo Silva(1). Técnico: Roberto Fernandes.

Sport(2): Magrão; Patric, Gabriel, Tobi e Peri; Pedra, Rithely (Diego Maurício), Welton (Fábio Bahia) e Lucas Limas(1); Marcos Aurélio(1) e Nunes (Felipe Azevedo). Técnico: Neco.

2 comentários:

Arthur Calife disse...

Na verdade o quarto gol do ABC foi de Pingo.


Arthur Calife - Blog ABC em números

diegoivan1982 disse...

Eu não vi a sumula. No dia era \Rodrigo Silva. Vou acertar.