sábado, 14 de setembro de 2013

Era melhor ter ido ver o filme do Pelé

O Ceará venceu o ABC por 4 a 0 no Castelão, com três gols de Magno Alves e um de Lulinha.


O jogo foi absolutamente ridículo. Foi um atentado as coisas do ABC. Vou pontuar apenas alguns aspectos que observei durante o jogo e que considero um ato de lesa a pátria cometida hoje em Fortaleza.

Disse aqui no Blog, no Facebook(curte lá o fb.com/papoalvinegro) e no grupo ABC Futebol Clube também do Facebook, que o fato do Getúlio Vargas ter sido o terceiro melhor goleiro do Campeonato Carioca pouco importa. Ele é um goleiro fraco. Em poucos jogos Getúlio confirma essa minha analise, o Campeonato Carioca é muito fraco e que ele é um péssimo goleiro. Falhou nos dois primeiros gols do Ceará, no primeiro espalmou a bola pra frente e no segundo saiu do gol e foi facilmente driblado.  O ABC precisa começar sua virada na B pelo gol.

Todo o sistema defensivo do ABC hoje esteve de brincadeira, a começar pelos jogadores de meio campo que não marcavam ninguém. A começar por Erick Flores que tomou cartão amarelo aos 15 minutos de partida para não ter que acompanhar mais ninguém na marcação. Esse migué de jogador ofensivo que não quer participar da marcação não é novidade, basta conversar com algum boleiro que ele te confirma, principalmente jogadores do meio para a frente. 

Os volantes e zagueiros ficaram sobrecarregados, mas nada justifica eles estarem sempre correndo atrás dos adversários. O Rodolfo parece aquele seu tio que fica parado na lateral esquerda, jogando numa faixa de campo equivalente a dois passos para cada lado. Todos estiveram tão mal que é difícil não ser deselegante ao comentar o jogo. 

O único que pode se dizer que fez um jogo digno é o zagueiro Rogélio. Se dependesse só dele o ABC não teria levado tantos gols.

Para finalizar preciso dizer que o placar foi justo apesar de mais uma vez Cláudio Francisco Lima e Silva de Sergipe ter aprontado das suas contra o ABC. Rodrigo Silva foi expulso injustamente, num lança de uma possível cotovelada que no mundo das pessoas normais não passaria de amarelo. O detalhe é que nem falta o lance foi. É o segundo jogo do ABC que ele apita sorte dele que no ultimo o Alvinegro venceu. Esse é fraco. 

Na próxima terça-feira o ABC pega o Bragantino em São Paulo. O jogo será as 21:50hs.

Ficha Técnica

Local: Estádio Castelão, Fortaleza (CE)

Árbitro: Cláudio Francisco Lima e Silva(SE).
Assistente1: João Carlos de Jesus Santos(SE).
Assistente2: e Daniel Vidal Pimentel (SE).

Ceará(4): Fernando Henrique; Marcos, Diego Ivo, Potiguar (Douglas) e Hélder (Hélder Santos); João Marcos, Ricardinho, Rogerinho e Lulinha(1); Magno Alves(3) (Léo Gamalho) e Mota. Técnico: Sérgio Soares.

ABC(0): Getúlio Vagas; Bileu, Flávio Boaventura, Rogélio, Rodolfo Testoni; Edson, Daniel Paulista, Erick Flores (Alvinho), Giovanni Augusto (Somália); Rodrigo Silva, Pingo (Schwenck). Técnico: Roberto Fernandes.

Um comentário:

Gustavo Lucena disse...

Taí o filme do Pelé, Diego Ivan: http://www.youtube.com/watch?v=VJ8Vqr4B37A