quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Na terra de padim Ciço tudo nos conformes

O ABC perde mais uma, dessa vez para o Icasa, e se mantém estável na Série B. O 2 a 1 foi construído por Tadeu e Chapinha do Icasa, Gilcimar marcou para o Alvinegro. 

Essa estabilidade só confirma o que já venho dizendo aqui a algum tempo, mesmo que o coração de torcedor ainda perca a razão na mínima reação que este ABC demonstre. Escreverei algumas reflexões a respeito durante a semana.

Sobre o jogo a resenha é simples. O Icasa fez o mínimo durante os 90 minutos para vencer. Anotem ai a receita para vencer o ABC em qualquer situação.

1- Qualquer bloqueio na entrada da área resolve, seja com dois ou três zagueiros, com volante na frente da zaga ou não. O ABC não consegue romper defesas pelo meio da área. Não passa da intermediaria.
2- Não precisa marcar os meias. Basta acompanhar, já que esses meias não jogam de maneira vertical nem marcam a saída dos volantes. 
3- Não precisa de atacantes de velocidade. Qualquer atacante receberá a bola em condições de jogo, os meias não marcam e os volantes saem para a marcação avançada. Dessa maneira os zagueiros estão sempre mano a mano. 
4- Pela esquerda o lateral Guto se ataca não defende, se defende não ataca. Normalmente não faz nada que preste. Alexandre pelo menos tem melhor presença ofensiva. 
5- Pela esquerda, Thiaguinho joga melhor como meia, quando joga alguma coisa, Renato não joga nada. Defensivamente não fazem feio, mas ofensivamente não representam nada.

Qualquer time que observar estes aspectos lamentáveis do elenco ABCdista, certamente não errarão no plano de jogo. O Icasa até que não seguiu muito essa “cartilha”, mas fez para o gasto. Enquanto o ABC foi incapaz de mostrar alguma coisa. 

É claro que não esqueci o treinador. A verdade é que Roberto Fernandes não é milagreiro, da mesma maneira que Waldemar Lemos e Paulo Porto não são. Roberto Fernandes até tentou manter a mesma estruturação tática da equipe do último jogo, no 4-5-1, mas as opções que ele tinha para a montagem do time simplesmente inexistem tecnicamente. O ABC tem um elenco tão raso, que ao menor desfalque em seu time titular, principalmente as ausências de Erick Flores e Diogo Barcelos, a derrota nos jogos estão garantidas. Infelizmente é isso. 

Os torcedores que ajudam o elenco a carregar esta cruz, tem encontro marcado com o time no sábado(17) as 16:00hs, quando o ABC receberá o Figueirense no Frasqueirão.

Ficha Técnica 

Local: Estádio Mauro Sampaio, Juazeiro do Norte/CE.

Arbitro: Renan Roberto de Souza (PB).
Assistente 1: Jose Raimundo Dias da Hora (BA).
Assistente 2: Marcos W Rocha de Amorim (BA).
4º Arbitro: Wladyerisson Silva Oliveira (CE).

Icasa(2): João Ricardo, Neilson, Luís Gustavo, Luís Octávio e Carlinhos; Da Silva, Elanardo, Gilmak e Chapinha(1) (Alex William); Tadeu(1) e Adalgiso Pitbull (Leandrinho) (Radamés). Técnico: Sidney Moraes

ABC(1): Lopes, Thiaguinho, Flávio Boaventura, Lino e Guto (Felipe Alves); Edson, Bileu, Jean Carioca (Pingo), Geovani (Alexandre) e Tony; Gilcimar(1). Técnico: Roberto Fernandes.

Nenhum comentário: