domingo, 21 de julho de 2013

Cópia “xerox” do jogo anterior

ABC empata a terceira pela Série B só que dessa vez num jogo sem gols contra o Joinville. O time ainda é o vigésimo colocado a B, agora com 3 pontos. 

O calvário do Alvinegro na Série B persiste, mesmo que o futebol da equipe tenha melhorado desde a derrota para o Palmeiras. A má fase persiste por motivos já conhecidos e debatidos; crise financeira do clube, excesso de jogadores fora de combate e o desnivelamento do elenco em certos setores. Pelo visto, o ABC deverá dar muito murro em ponta de faca.

Na partida de hoje, a equipe repetiu ao que parece ser o desejo tático do treinador Waldemar Lemos. Um time extremamente veloz, com um meia característico e três atacantes de velocidade. Com essa característica tática o Alvinegro foi senhor absoluto do primeiro tempo, mesmo o adversário sendo um dos ponteiros da competição. 

O posicionamento de Diogo Barcelos e Erick Flores é interessante, ambos jogam com a mesma característica tática, do meio para a ponta, ou da ponta para o meio. Às vezes um pela esquerda e o outro pela direita, e vice-versa. É muita velocidade, às vezes apenas correria, mas que não se traduz em vantagem técnica já que ambos não chutam em gol, e é ai que erramos. Para completar, o atacante da 9 não é centro avante. Desse jeito não tem gol. Além disso, nenhum dos jogadores do meio para frente é fazedor de gol. 

Essa velocidade improdutiva toda cobra um preço. No segundo tempo Tony que não é um exemplo de vigor físico cansa, assim como o Wanderley. O lateral esquerdo Guto, que muito ajuda quando não atrapalha, também fica pregado aos 25 minutos do segundo tempo em diante.  

No segundo tempo mais uma vez vimos o inverso do tempo anterior. O adversário bem mais perigoso e um ABC sem conseguir atacar. Situação acentuada quando Waldemar Lemos tira de campo o cansado Tony e coloca o atacante Felipe Alves. Um time que pensa pouco passa a não pensar, principalmente por que o meia Giovani foi retirado da lista de convocados para o jogo. Presa fácil para qualquer time montado. 

Gilcimar que poderia ser o homem de área no jogo,  não entrou em campo por que sentiu uma contusão antiga. 

O resumo do encontro foi; correria, alguma preparação de jogadas e ninguém na área para botar a bola para dentro.

No próximo sábado, as 21:00hs, o ABC recebe o Paysandú no Frasqueirão.  

Ficha Técnica

Local: Estádio Frasqueirão, Natal/RN.
Público: 2.822 torcedores.

Arbitro: Charles Hebert Cavalcante Ferreira (AL).
Assistente 1: Elan Vieira de Souza (PE).
Assistente 2: Wilton Jose Lins da Silva (PE).
4º Arbitro: Leandro Saraiva Dantas de Oliveira (RN).

ABC(0): Rafael Roballo; Renato, Flávio Boaventura, Lino e Guto; Edson, Bileu, Diogo Barcelos (Rodrigo Santos), Tony (Felipe Alves); Erick Flores e Wanderley (Pingo). Técnico: Waldemar Lemos.

Joinville(0): Ivan; Carlos Alberto, Sandro, Rafael e Rafinha; Augusto Recife, Marcus Vinícius, Ricardinho (Martin Liguera) e Wellington Bruno (Francis); Ronaldo (Edgar Júnior) e Lima. Técnico: Arturzinho.

Nenhum comentário: