segunda-feira, 20 de maio de 2013

Potiguar-M foi o único herói no pior Estadual dos últimos tempos

O Estadual 2013 sem sombra de dúvidas entrará pra história como um dos piores de todos os tempos.

Com uma tabela mal feita, direcionada para beneficiar uns times em detrimento de outros, excesso de jogos inúteis que quebraram os clubes e atletas, média de público bisonha, arbitragens bizarras (estou sendo eufemista) e de quebra o ABC jogando de forma bisonha dentro campo, totalmente desmoralizado fora dele e com a Frasqueira cada vez mais desprezada, isolada e humilhada até mesmo dentro do Frasqueirão, não tem imprensa chapa-branca e presidente que enganem mesmo os mais leigos.

O desfecho patético no jogo de ontem, onde a violência comeu solta e não se viu qualquer medida para impedi-la, foi a cereja  no bolo de titica que foi esse campeonato.

Nada disso porém tira o brilho do único herói da competição, o Potiguar de Mossoró.

Herói porque calou a boca de muita gente - inclusive eu - que achava que o campeonato eram cartas marcadas, ainda mais após a final do 2o turno. E se realmente tivesse havido "um arrumadinho", seu heroísmo é ainda maior porque o time resolveu estragar o script.

Herói porque creio que foi o primeiro título de um clube do interior sem qualquer padrinho político em busca de fins eleitorais. Até onde sei o patrocínio da Prefeitura local foi protocolar em um ano não-eleitoral. Além disso, o Nogueirão continua criminosamente multilado, num tremendo descaso por parte das autoridades locais, principalmente porque os 2 clubes demonstram dentro de campo que querem ser alguém na vida.

E o time mossoroense deu uma tremenda lição no ABC, ao montar um time competitivo, barato e com jogadores garimpados na região, mesmo sem estrutura e apoio para tanto, e o mais importante, saiu da mesmice: ao invés de Canidezinho, Helinho, Paulo Jr, e outras figuras rodadas, o time ressucitou Vaninho e revelou Chiquinho - o xodó da ESPN Brasil, Daniel e Catê. Enquanto isso, no Complexo Vicente Farache...

Para terminar, este será meu último parabéns ao time mossoroense, e nas próximas vezes não haverá trégua, afinal, eles agora são o maior rival do ABC, seja em quantidade de torcedores, seja em história recente, afinal eles são bicampeões.

Gustavo Lucena

Nenhum comentário: