quinta-feira, 11 de abril de 2013

Rodrigo Silva merece respeito

O ABC venceu o Parnahyba do Piauí por 3 a 1 e se classificou para a segunda fase da Copa do Brasil deste ano. Os gols do encontro foram de Marcílio e dois de Rodrigo Silva para o ABC. Daniel de pênalti marcou para o Parnahyba. O Alvinegro agora aguarda o vencedor de Sport e Vitoria da Conquista.

Como ninguém viu o jogo, ou melhor, pouquíssimos Alvinegros viram este jogo, não posso comentar mais a fundo o resultado. Isso não quer dizer que eu não tenha o que escrever. Vou aproveitar o momento para tocar num assunto que venho adiando há muito tempo.


O resultado foi excelente. O ABC matou o jogo de volta e por isso Paulo Porto terá mais tempo para preparar a equipe na folga que recebeu nas próximas rodadas. Fica claro que o ABC tem um problema sério no ataque, e não é o dono da 9 que causa problemas. O grande problema alvinegro está situado na camisa 11, ou seja, no atacante que prepara as jogadas no ataque. O Jheimy foi testado anteriormente e não passou, Vanderlei recebeu chance neste jogo e não foi bem. Sem atacantes de velocidade em um bom momento, o ABC terá grandes dificuldades de fazer de Rodrigo Silva ou Junior, os grandes artilheiros do time.

Com o que foi dito, tenho mais alguma coisa a dizer; é impressionante a intolerância do ABCdisya comum com o atacante Rodrigo Silva. Sério mesmo, impressiona o fato das reclamações antes mesmo que o jogador possa provar seu valor. Rodrigo Silva não é gênio. Ele não é habilidoso com a bola no pé. Mas é contundente, está sempre presente e não desperdiça oportunidades de gol. Ele é melhor que Junior? Não é, mas Junior não está em forma, nem mesmo fez por onde ser titular.

Acho que o torcedor do ABC deveria ficar um pouco mais calmo, prestar atenção no futebol dentro de campo e deixar o mimimi de lado. Em outros carnavais alguns endeusaram atacantes bem mais fracos que Rodrigo, enquanto alguns até mais técnico foram execrados sem motivo aparente. O segredo é ter paciência sempre.

Então vamos a palavra do artilheiro Rodrigo Silva: “Nosso time está de parabéns! Fomos aguerridos, mostramos muita raça, já que o campo não ajudava, e inibia a técnica. Fizemos prevalecer a vontade e o espírito de vencedor e conseguimos matar o jogo da volta”

O ABC volta a campo no domingo, quando recebe o Baraúnas no Frasqueirão as 19:00hs.

Ficha Técnica

Estádio: Dirceu Arcoverde, Parnayba/PI.

Árbitro: Francisco de Assis Almeida Filho (CE).
Assistente 1: Aelson Mariano Campelo Gomes (MA).
Assistente 2: Antônio Fernando de Sousa Santos (MA).
4º árbitro: Antônio J. L. Trindade de Sousa (PI).

Parnahyba(1): Aranha; Ivan, Eridon, Gilmar Baiano e Rian (Idelvando); Eduardo, Ramon, Totonho (Zé Rodrigues) e Capela; Daniel(1) (Raiff) e Fabinho. Técnico: Paulo Moroni.

ABC(3): Rafael; Leandro Cardoso, Lino e Vinícius; Thiaguinho Hamilton, Leandro Santos, Júnior Xuxa (Jheimy) e Marcílio(1) (Diogo Barcellos); Vanderlei (Jean Carioca) e Rodrigo Silva(2). Técnico: Paulo Porto.

2 comentários:

Breno Cardoso disse...

O 3º gol do ABC pareceu um gol de futebol de Areia kkkkk

Luciano disse...

Todo ser humano merece respeito, mas chamar esse cidadão de jogador de futebol é demais!