segunda-feira, 29 de abril de 2013

Paulo Porto tá de sacanagem

O ABC venceu o Alecrim por 1 a 0, gol do Rodrigo “o cara” Silva. O Alvinegro ainda tem chance de classificação, mas num português bem claro, o ABC tem remotas chances de classificação. 

No jogo de hoje à tarde, Paulo Porto erroneamente manteve o 3-6-1 do ultimo clássico. Já no jogo com o América ficou claro que um esquema com três zagueiros e dois volantes é um equivoco. O normal é que se jogue com três zagueiros e um volante ou dois zagueiros e dois volantes. Paulo Porto insiste em rechear o time com volantes e zagueiros. 

Amigos, quanto maior o numero de volantes e zagueiros no time, maior o numero de pernas de pau em campo. 

Somente quando o treinador Alvinegro mudou o esquema para uma variação de 4-4-2 é que o ABC começou a jogar bola. Paulo Porto tirou Marcilio aos 30 minutos do primeiro tempo e colocou Vanderlei. A partir deste momento o ABC começou a ter algumas chances de gol. 

A insistência do treinador no 3-6-1 é algo preocupante, já que obviamente o ataque fica sobrecarregado e tanto Rodrigo Silva, quanto qualquer outro atacante é vitima por estar na mais absoluta solidão ofensiva. 

O gol da vitória saiu logo aos 13 minutos do segundo tempo. O Alvinegro acelerou o jogo, como deveria ter feito no inicio do jogo. Vanderlei recebe a bola pela direita entra na área e cruza para Rodrigo Silva marca. 

Aos 14 minutos Rodrigo Silva foi substituído. Dá pra entender?

O ABC administrou a luta, sim por que futebol passou longe neste domingo chuvoso, e venceu o combate mantendo chances de classificação.  

O jogo decisivo neste Estadual será quarta-feira dia 1º de maio, quando o ABC visitará o ASSU no estádio Edgazão. O ABC precisa vencer e torcer para que dois das três equipes que disputam pelas vagas na final do turno percam pontos. 

Estou pronto para ser surpreendido, mas sinceramente, não acredito. 

Ficha Técnica

Local: Estádio Frasqueirão, Natal/RN.
Público: 1.354 pagantes.

Árbitro: Lenilson de Lima.
Assistente 1: Ubiratan Bruno Viana.
Assistente 2: Izac Márcio da Silva Oliveira.
4º árbitro: Zandick Gondim Alves Júnior.

ABC(1): Lopes,Leandro Cardoso, Vinícius e Lino; Thiaguinho, Bileu, Leandro Santos (Renato), Jean Carioca e Marcílio (Vanderlei); Júnior Xuxa e Rodrigo Silva(1) (Júnior). Técnico Paulo Porto.

Alecrim(0): Danilo, Gilberto Matuto, Robson, Bruno Recife e Maicon; Ruy, Diego (Rico), Claiton (Renan Marques) e Muller; Felipe Moreira (Wigor) e Willian. Técnico: Wassil Mendes.

Um comentário:

Breno Cardoso disse...

3-6-1 em Casa...

Que falta faz um atacante de velocidade no ABC