quinta-feira, 21 de março de 2013

Vitoria fácil no segundo tempo

ABC vence o Alecrim por 3 a 1 jogando na casa do adversário. Os gols do jogo foram de Vanderlei, Rodrigo Silva e Gladstone para o ABC, para o Alecrim marcou Claiton. Com o resultado o ABC permanece na briga pela classificação a final do 1º turno, sendo que depende de uma combinação de resultados além de uma vitória sobre o Assu.

O ABC fez um bom jogo, principalmente um segundo tempo mais contundente. Na primeira etapa o Alvinegro não foi muito atrevido. Foram poucas oportunidades de gol, as jogadas dependiam muito da atuação de Junior Xuxa e Jean Carioca, este ultimo muito apagado. Alexandre também foi peça importante nesta etapa. O gol ABCdista saiu numa roubada de bola, que chegou até Vanderlei passando por Rodrigo Silva. Vanderlei só teve o trabalho de tirar do goleiro. Aí é que está o problema, o Alecrim que não havia chitado uma bola no gol, começou a querer se engraçar em cima de um ABC que recuou desnecessariamente. Em uma bola nas costas de Alexandre, Gladstone perdeu a dividida com Claiton que chutou a bola sob o goleiro Alvinegro. Empate justo se pensarmos que o ABC deu espaços.

Na segunda etapa o Alvinegro mudou de jogadores e de postura. Flávio Boaventura havia sido substituído no primeiro tempo, entrou Leandro Cardoso. No intervalo Paulo Porto colocou Jheimy no lugar de Jean Carioca, coisa que deu muito certo. O ABC praticamente não permitia a saída de bola do Alecrim, empurrando o verde para trás. Com Jheimy mesmo sem brilhar de um lado e Vanderlei do outro, o sufoco do Alecrim foi grande. E a surpresa do segundo tempo foi o grande futebol de Bileu como lateral direito, pegando o pregado lado esquerdo do Alecrim de jeito. Logo no inicio da segunda etapa Rodrigo Silva escorou cruzamento de Bileu e na sequencia, Gladstone pegou rebote de cruzamento de Junior Xuxa. O 3 a 1 estava justo e poderia ter sido mais, já que o Alecrim não existiu no segundo tempo.

Deixe-me comentar o Alecrim. A má fase do Verdão se deve exclusivamente a lentidão e falta de criatividade do meio campo. Tudo bem que a zaga é insegura, mas Rui corre o jogo todo e não produz nada de concreto e Claiton carrega um fusca debaixo da camisa. Robertinho que deveria ser o armador do time fica perdido no campo, já que ele corre e a negada anda. O time do Alecrim se destacou no inicio da competição com um time de velocistas que não faziam gols, agora não há mais velocistas.

Muito boa vitória do Mais Querido, a primeira de Paulo Porto. Que o trabalho continue. As contusões de Thiaguinho, Lopes, Flavio Boaventura e Edson, preocupam a torcida que espera uma vitoria no próximo jogo ou uma derrota se for para mexer na tabua de classificação. 

No próximo domingo o ABC enfrentará o Assu no Frasqueirão. O jogo começará as 17:00hs.

Ficha Técnica

Local: Estádio Luiz Rios Bacurau, São Gonçalo do Amarante/RN.
Publico: 784 pagantes.

Árbitro: Ítalo Medeiros de Azevedo
Assistente 1: Luiz Carlos Câmara Bezerra
Assistente 2: Alex Batista da Silva
4º árbitro: Zandick Gondim Alves Júnior

Alecrim(1): Rodrigues, Maneco, Bruno Recife, Robson e Marcinho; Elton (Renan Marques), Rui, Claiton(1) e Robertinho (Miller); Rico (Juninho) e Felipe Moreira. Técnico: Wassil Mendes.

ABC(3): Rafael, Bileu, Flávio Boaventura (Leandro Cardoso), Gladstone(1) e Alexandre; Hamilton, Edson (Marcílio), Jean Carioca (Jheimy) e Júnior Xuxa; Rodrigo Silva(1) e Vanderlei(1). Técnico: Paulo Porto.

Nenhum comentário: