quarta-feira, 27 de março de 2013

Sucesso da Copa do Nordeste - 18 milhões de telespectadores só na Tv

A Copa do Nordeste é uma grande conquista dos clubes de nossa região e voltou a ser disputada no início deste ano pelos principais clubes tendo o Campinense/PB como o campeão.

Desde o início, a competição foi um atrativo a mais para trazer os torcedores aos estádios por conta dos jogos quase sempre decisivos (competição com tiro curto) e rivalidades que existem entre os principais clubes de nossa região. O resultado disso se viu na média de público da competição, que até agora é a melhor entre os campeonatos disputados pelo Brasil neste ano, foi de 8 mil pagantes por jogo. A média superou até a do campeonato paulista, que até agora é de aproximadamente 6 mil por jogo.

A Tv Esporte Interativo é a emissora que detém os direitos de transmissão e comerciais da competição. Apostaram em parcerias com os principais meios de comunicação dos estados e divulgação maciça em sua grade de programação. O resultado foi muito positivo, pois conseguiram 18 milhões de telespectadores diferentes durante toda a competição e uma média de 1,5 milhão de telespectadores por jogo. Detalhe que a transmissão na Tv foi feita somente na parabólica e Tv's a Cabo, se o EI estivesse em Tv Aberta nas principais capitais, acredito que a audiência ainda seria maior.

A competição também garantiu um bom dinheiro aos cofres dos clubes, que não lucravam muito com os estaduais,  no inicio deste ano. O ABC por exemplo, faturou uma premiação de 200 mil ao passar para as quartas-de-finais.

O Nordestão deste ano mostrou que tem um bom potencial de crescimento para os próximos anos tanto em público quando na visibilidade que ainda pode garantir aos clubes.

Uma coisa que acredito que pode ser aperfeiçoada é o calendário, que fez que vários clubes ficassem num período de sazonalidade, alguns ficaram 1 mês parados até o início de seus respectivos campeonatos estaduais.

Acessem:

6 comentários:

FERNANDO disse...

O que tem que acabar são esses campeonatos estaduais falidos que so servem para dar prejuizo aos clubes de maior expressão e dar boa vida a picaretas tipo zé vanildo e outros da mesma especie! O exemplo a ser seguido esta sendo dado pelo Atletico mineiro que colocou no estadual seu time B para atuar. Que outros criem coragem e tenho certeza esse mal se acabara.

Breno Cardoso disse...

com a Copa do Nordeste, a tendência é de os campeonatos estaduais da nossa região ficarem mais disputados, pois é através deles que os clubes conseguem a vaga no nordestão

Gustavo Lucena disse...

Ideal seria que a Copa do Nordeste fosse uma competição disputada nos moldes da Uefa Champions League - nos meios de semana - em paralelo a Libertadores.

Os fins de semana seriam reservados ao Camp. Brasileiro.

Os Estaduais seriam disputados paralelos ao Camp. Brasileiro aos domingos, funcionando como seletiva para a Série D e se estendendo pelo 1o semestre inteiro ou até mesmo pela temporada inteira. Os clubes inseridos nas Séries A, B e C entrariam apenas nas fases finais dos Estaduais, ou disputariam a competição com times reservas.

Breno Cardoso disse...

A Copa do Nordeste poderia ter sido assim em 2010 (quando foi disputada paralelamente ao brasileirão)... Mas não souberam fazer uma boa tabela e os principais times da região entraram com o time B

diegoivan1982 disse...

Não acho os Estaduais falidos. Falidas são as formulas de disputa, o numero de participantes e a desorganização entranhada no nosso futebol.


O Estadual com apenas 8 equipes é bem mais movimentado do que com 10. O ideal seria uma competição de apenas 6, ai sim o Estadual daqui iria explodir.


Acabar com algo tão tradicional é prejudicial. Pensemos em outra solução.

Stevenson Carlos disse...

Há muito que também penso assim, Gustavo. Não entendo como os dirigentes de futebol do Brasil não enxergam isso.