quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Do fundo ao topo em três jogos

Com uma boa vitoria por 3 a 0 sob o Ceará Sporting, o ABC se classificou em primeiro lugar em seu grupo pela Copa do Nordeste. Os gols do jogo foram de Vinicius e dois de Rodrigo Silva. O próximo adversário do Alvinegro será o ASA, primeiro jogo fora de casa e o segundo em Natal.

O Alvinegro não repetiu a grande atuação que teve contra o Bahia, mas mesmo assim superou seu adversário da noite. O time até que não jogou mal, mas o fato é que ocorreram problemas em alguns setores do campo. 

No primeiro tempo o ABC dominou a partida até marcar seu gol. Seguro na defesa e com chances de gol advindas das boas jogadas de Xuxa e Jean, que souberam acionar o lateral Renato. Foram pelo menos cinco boas jogadas pela direita, coisa que não ocorreu na esquerda com Alexandre. Pela direita surgiu a falta que originou o gol do ABC. Junior Xuxa cobrou na barreira e no rebote, Vinicius chutou a bola numa dividida com um adversário. O gol forçou o Ceará a tentar o jogo, e assim o fez com dois jogadores atuando nas costas dos laterais ABCdistas. Esse foi o pior momento do ABC no jogo, foram pelo menos três reais oportunidades de gol para os alencarinos. Se não fosse o goleiro Lopes e o zagueiro Boaventura, a vaca tinha ido para o brejo.

No segundo tempo, não sei se por recomendação de Givanildo Oliveira, os laterais permaneceram bem atrás da linha de meio campo. Com isso o ABC esteve menos criativo no ataque e muito seguro na defesa. O que parecia uma receita para a manutenção do 1 a 0 se transformou em goleada. Jean Carioca bem mais ofensivo e Junior Xuxa distribuindo as bolas para o contrataque. Numa dessas jogadas o ABC chega ao pênalti do segundo gol e ao gol final da partida em uma bola desviada na defesa. Ambos os gols de Rodrigo Silva.

O ponto negativo da partida foi ver a baixa produtividade de Vanderlei, mas considerando o ritmo puxado de jogos, certamente o atleta pode ter apresentando um cansaço. Acredito ter sido isso, mas isto não esconde o baixo rendimento.

O Mais Querido encontrou seu ritmo na temporada, mas eu torço para que o Alvinegro ainda tenha um aumento em seu rendimento. Os novos contratados parecem prometer bastante, vamos ver se isso se reflete em bons resultados. 

O ABC volta a campo após o carnaval, quarta ou quinta-feira. As datas e horários dos jogos inda serão definidos pela organização do evento. O certo é que o adversário é o ASA.  

Ficha Técnica

Local: Estádio Frasqueirão, Natal/RN.

Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE).
Assistente 1: Clóvis Amaral da Silva (PE).
Assistente 2: Roberto José de Oliveira (PE).
4º árbitro: Italo Medeiros de Azevedo (RN).

ABC(3): Lopes; Renato, Flávio Boaventura, Vinicius(1) e Alexandre; Bileu, Hamilton, Júnior Xuxa (Raul) e Jean Carioca (Walter Minhoca); Vanderlei (Romarinho) e Rodrigo Silva(2). Técnico: Givanildo Oliveira.

Ceará(0): Fernando Henrique; Eric, Cleiton, Rafael Vaz e Gerley; Regis, Diogo Orlando, Geovani (Anselmo, intervalo) e Ricardinho; Pingo (Cléo, aos 14'/2ºT) e Magno Alves (Gabriel). Técnico: Ricardinho.

2 comentários:

Múrcio disse...

Futebol é emocionante por causa destas coisas: O ABC saiu do inferno para o céu em apenas dez dias. Quando todo mundo achava que o time tinha chegado ao “fundo do poço” com aquela exibição abaixo do ridículo em Itabaiana e perdeu por 3 X 1, eis que o Mais Querido conquista três das vitórias mais convincentes em toda a sua história que eu já vi. Fez dez gols, sofreu apenas um, jogou um futebol digno das nossas tradições, contra times de série A ou que já esteve lá recentemente e ainda tem jogadores de qualidade para estrear.

Diego Ivan disse...

É um bom panorama.