quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Potiguar 2013: com 34 datas competição é inviável

A incompetência de José Vanildo e Cia. atingiu o estágio mais avanço fazendo com que a FNF apresentasse para 2013 um Estadual com 34 datas – apenas 4 a menos do que o Brasileirão. É inviável com o calendário divulgado pela CBF a realização da competição local com esse regulamento.

Segundo regulamento apresentado pela FNF, o Potiguar 2013 será dividido em duas fases e três turnos (Copa FNF, Copa RN e Copa Cidade do Natal). Na primeira fase, em turno único (Copa FNF), as equipes – sem ABC e América – jogam no sistema de ida e volta totalizando 14 datas. Das oito equipes, seis passam para segunda fase e uma será rebaixada.


Na segunda fase as equipes classificadas se juntam à ABC e América. Nessa segunda fase teremos dois turnos (Copa RN e Copa Cidade do Natal) com jogos de ida (1º turno) e volta (2º turno). Após os sete jogos os dois melhores de cada turno disputam uma final no sistema de ida e volta. O campeão de cada turno tem direito de disputar a final do Estadual. Se a mesma equipe for campeão dos dois turnos será considerado o campeão Estadual, sem necessidade de final.

Com essa formula genial do Vanildo o Potiguar poderá ter 34 “rodadas” que deverá ser disputada em 4 meses e 6 dias. Esquece a FNF que a CBF programa para os estaduais apenas 23 datas, isto é, 11 a menos do estabelecido pelo FNF.

Outro problema será a quantidade jogos disputadas por ABC que poderá chegar a marca de 84 em apenas um temporada (Estadual – 20; Copa do Nordeste – 12; Copa do Brasil – 14 e Série B – 38).

3 comentários:

Gustavo Lucena disse...

Regulamento sem noção em todos os aspectos.

Do jeito que está teremos jogos quartas e domingos. O torcedor não vai poder ir ao campo todos os jogos.

Vai ser uma competição enfadonha.

Se o Estadual fosse disputado apenas aos domingos, seria muito mais atraente, poucos jogos, mais qualidade dos times, mais torcida no campo.

E a imprensa continua dizendo que a gestão da FNF é uma maravilha. O Estadual 2013 vai ser uma versão retrô das esculhambações da Era Nilson Gomes/Pio Marinheiro. Só que dentro de uma embalagem da Brooksfield/Lacoste/Louis Vitton dentre outras marcas de luxo.

Marcelo Silva disse...

Tanto que tem blogueiro hoje dizendo que próximo ano teremos o melhor estadual dos últimos anos.

Gustavo Lucena disse...

Regulamento sem noção.


Com o excesso de jogos num curto espaço de tempo, a tendência é que o torcedor não aguente ir ao estádio quarta e domingo de maneira desordenada.


Ideal seria um estadual enxuto, com jogos exclusivamente disputados nos domingos, daria muito mais torcida e ajudaria os próprios times, pois os jogadores teriam mais tempo para descansar. O nível técnico e de público seriam maiores.


Enfim o Estadual 2013 é um culto a nostalgia aos tempos assombrosos da era Pio Marinheiro e Nilson Gomes, só que com uma embalagem de grife.