sábado, 6 de outubro de 2012

Sem velocidade

O ABC foi até Salvador e foi derrotado pelo Vitória por 1 a 0, gol de Elton. Com o resultado o ABC ao final da rodada caiu uma posição, mas manteve a diferença de oito pontos para o Guaratinguetá, primeiro time dentro da zona de rebaixamento.

O ABC entrou em campo diferente do que eu esperava. Eu apostei na ultima quarta-feira que Ademir Fonseca iria jogar mais precavido, mas não foi o que ocorreu, na verdade ele repetiu o esquema dos últimos jogos. Não deu certo, principalmente ofensivamente. O time Alvinegro é em minha conclusão, extremamente dependente da velocidade de Adriano Pardal no ataque. Quando este jogador não joga ou vai mal, geralmente o ABC não faz gol. Pardal não jogou hoje, ABC não fez gol. E esta foi a resalva feita no texto da ultima quarta-feira, quando disse “O grande senão de tudo que falei é a substituição do Adriano Pardal.”.

Sem Pardal, o ABC foi extremamente lento, exatamente por que Clementino não é um velocista. O outro atacante que começou a partida, Rodrigo Silva, é um grandalhão, que precisa de um companheiro de ataque veloz. Ataque lento, presa fácil para a defesa do Vitoria, que atacou como quis só que com seu ataque consagrando o goleiro Andrey.

Começa o segundo tempo e o ABC leva uma chapuletada. Em falha de Gladstone, o atacante Marquinhos cruza e Elton marca. O que demonstrou duas coisas, que Gladostone apesar de ser um grande zagueiro está completamente fora de ritmo de jogo e que zagueiro lento e as costas de Renatinho são ingredientes de um desastre. Mesmo sofrendo gol no inicio da etapa, o ABC tentou e chegou a ter duas oportunidades, com Ederson que entrou no lugar de Rodrigo Silva e com Clementino. O problema é que o momento dos baianos é diferenciado, o time encaixou e certamente será um dos classificados para a Série A.

Tenho certeza que Ederson é titular do ABC, mas não vou criticar a participação do Rodrigo Silva. Este ultimo me pareceu um jogador esforçado e pode ser grande nome do Alvinegro em jogos com zagas fortes, ele é o único nome com estas características no elenco.

Com o minimo de velocidade o ABC teria feito um jogo muito melhor. Infelizmente Cascata nem de longe lembra o grande nome do ABC nas ultimas duas temporadas e o Minhoca inexplicavelmente caiu de produção. Os dois poderiam acelerar o jogo com troca de passes, não ocorreu. Renatinho não foi acionado e o gol saiu em suas costas, Pedro Silva...

A volta de Adriano Pardal é de suma importância, eu diria que é o principal reforço para o próximo jogo contra o Atletico Paranaense. O jogo começa as 21:00hs de sexta-feira, dia 12/10.

Ficha Técnica

Local: Estádio Barradão, Salvador/BA.

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden/FIFA (RS).
Assistente 1: Altemir Hausmann/FIFA (RS).
Assistente 2: Roberto Braatz/FIFA (PR).
4º árbitro: Gleidson Santos Oliveira (BA).

Vitória(1): Deola, Léo (Rodrigo Mancha), Victor Ramos, Gabriel, Gilson; Wellington, Michel, Pedro Ken, Tartá (Marquinhos); Elton(1) e Diney (Artur). Técnico: Paulo Cesar Carpegiani.

ABC(0): Andrey, Pedro Silva, Flávio Boaventura, Gladstone, Renatinho (Airton); Guto, Serginho, Walter Minhoca (Raul) e Cascata; Rodrigo (Éderson)e Diego Clementino. Técnico: Ademir Fonseca.

Nenhum comentário: