terça-feira, 30 de outubro de 2012

Até que enfim ultrapassamos a marca dos 40 pontos

O ABC vence o Paraná por 2 a 1 fora de casa. Os gols do Mais Querido foram marcados por Rodrigo Silva, o gol paranista foi marcado por Lúcio Flavio de mão. Com mais um grande resultado o ABC fica na expectativa de vencer o próximo jogo e poder garantir a permanecia na B.

A grande vitoria do ABC veio acompanhada de mais uma boa apresentação tática da equipe. O time montado por Givanildo Oliveira, com três volantes, conseguiu mesmo fechadinho a arma do contra-ataque durante o jogo todo. Isso só é possível por que os laterais do ABC começaram a jogar um futebol mais participativo ofensivamente. Será o dedo do técnico? Acho que sim.

Um primeiro tempo fraco, onde a grande arma Alvinegra foi Adriano Pardal e também Ederson, principalmente Ederson. O Pardal desconcertando a defesa adversária, mesmo errando como sempre. O Ederson em um grande momento, com algumas chances de gol. Mesmo assim, não se pode negar que o jogo foi mais fraco tecnicamente no primeiro tempo.

No segundo tempo o ABC veio para matar o Paraná. Mesmo nos contra-ataques, o Alvinegro foi para cima. Teve as melhores chances do jogo, uma com Pardal que chutou por cima do gol. A modificação do técnico Givanildo substituindo Cascata e Pardal, para a entrada de Raul e Rodrigo Silva, acabou dando a contundência ofensiva que faltava ao time. O Silva marcou duas vezes, no primeiro lance ele recebeu de Raul e chutou de fora da área no ângulo. No segundo lance Raul recebeu de Ivan, cortou o zagueiro e cruzou na cabeça de Rodrigo que marcou. Futebol é isso aí, se tem jogador no elenco é para por em campo. Poderia ter dado tudo errado, mas só acerta que tenta.

O ABC ainda sofreu com tentativas do Paraná, que acabou descontando com um lance irregular. Mas o que valeu foi a vitoria do time mais ajustado em campo.

Ao contrario do que eu imaginava, o ABC buscou forças e reagiu na competição. Chega agora aos 42 pontos, necessitando de mais 1 ou 2 pontos para não depender de mais ninguém nesta B. Teoricamente, com 42 pontos o time pode se garantir na B, dependendo de uma combinação de resultados. É aproveitar o próximo jogo contra o Avaí no Frasqueirão para garantir a permanência com três rodadas de antecipação.

O ABC volta a campo na próxima terça-feira, dia 06 de novembro as 20:50hs.

Ficha Técnica

Local: Estádio Dorival de Britto, Paraná/RN.

Árbitro: Paulo Godoy Bezerra (SC).
Assistente 1: Helton Nunes (SC).
Assistente 2: José Roberto Larroyd (SC).
4º árbitro: Fábio Filipus (PR).

Paraná(1): Luis Carlos; Paulo Henrique, Anderson, Alex Alves, Fernandinho; Vandinho (Cambará), Ricardo Conceição, Lúcio Flávio(1), Geraldo (Douglas Paker), Luisinho e Wendel (Nilson). Técnico: Toninho Cecílio.

ABC(2): Andrey, Ivan, Flávio Boaventura, Vinicius e Renatinho; Bileu, Serginho, Guto e Cascata(Raul), Éderson e Adriano Pardal (Rodrigo Silva(2)). Técnico: Givanildo Oliveira.

4 comentários:

Múrcio disse...

Eu sempre achei três coisas neste campeonato:

- A grande maioria desta série B é de times péssimos;

- O ABC, mesmo fazendo uma campanha muito ruim, nunca foi pior que o time de vermelho;

- Sempre disse que se melhorássemos um pouquinho, escaparíamos com folga desta degola.

Agora eu explico: Bastou Givanildo chegar, arrumar o time, mesmo sem um treinamento e o time mudou da água para o vinho em termos de resultados e já está livre.

E para quem acha que o time de vermelho e a campanha deles é melhor, veja a campanha dos dois a partir da décima rodada. Os dois fizeram exatamente o mesmo número de pontos, mesmo o ABC jogando o tempo todo na pressão. A diferença é que eles fizeram um ótimo começo de campeonato e fez uma gordurinha, enquanto nós patinávamos sem treinador.

Breno Cardoso disse...

se o ABC tivesse com Givanildo desde o começo, com certeza estaríamos á frente do time de ROSA...

A imprensa daqui fica pagando pau pro time de ROSA dizendo eles estão na frente porque são muito superiores ao ABC... MENTIRA!!

ELAS estão na nossa frente por causa da arrancada que deram nas primeiras rodadas, momento em que todos os times, inclusive o ABC (que contratou vários jogadores no inicio da série B), ainda estavam se arrumando... uma prova disso é o Goiás, que levou 5 das Goianetes na primeira rodada e hoje era líder até a rodada passadas... Elas tiveram várias vitórias no início, se tirar duas delas, estariam coladinhos com o ABC hoje

Breno Cardoso disse...

Fico muito feliz que o ABC tenha conseguido essa vitória na raça, mesmo com 14 contra 11 e um gol de mão... É uma vitória que praticamente elimina os nossos riscos de queda pra Série C....

Agora já dá pra começar a pensar no futuro, principalmente no que se trata de renovações de contratos, na minha opinião, pouquíssimos desse elenco devem ficar para o ano que, salvo algumas exceções.

Diego Ivan disse...

Vou discordar dos dois.

O time do ABC que começou a B era muito fraco. O time que vai terminar a B é muito irregular. Essa diferença é vista na escalação do time no inicio e a atual.

Estreia: Camilo, Jardson Sapé, Flávio, Eduardo e Airton. Bileu, Hennick, Guilherme (Raul) e Jerson (Washington(1)); Joelson (Guto) e Adriano. Técnico: Márcio Goiano.

Ultimo: Andrey, Ivan, Flávio Boaventura, Vinicius e Renatinho; Bileu, Serginho, Guto e Cascata(Raul), Éderson e Adriano Pardal (Rodrigo Silva(2)). Técnico: Givanildo Oliveira.

Não é por que ganhou os últimos jogos que vou mudar minha opinião. Mas é inconteste que Givanildo vem fazendo um bom trabalho.



Não sejamos imediatistas.