sexta-feira, 25 de maio de 2012

Tá tudo errado amigos

1-Fica cada vez mais claro que a diretoria de futebol, avalizado pela presidência, contratou às cegas, sem quaisquer planejamento. Errou no início da temporada, montando um time fraco, um time de aluguel formado por atletas sem qualquer compromisso com a causa do Mais Querido e de qualidade fraquíssima. Para a Série B os erros parecem se repetir. A exceção do goleiro Andrey, o ABC só contratou reservas. 

2-O resultado é esse time patético, que afasta o torcedor do estádio. Eu mesmo acabei não indo porque minha carona ficou impossibilitada de ir. Originalmente já não iria porque nesse horário deveria estar no trabalho, mas por coincidência precisei resolver uns assuntos particulares na parte da tarde e com isso fiquei com horário livre para ver o jogo. O destino me poupou de um aborrecimento e assisti no conforto da minha rua, num boteco próximo. Por causa  da minha impossibilidade de poder acompanhar o ABC na Série B, já estava propenso a mudar meu plano do Sócio-Torcedor. Esse timeco que o ABC montou, aliada as coisas erradas e pouco transparentes, me motivam a deixar o futebol em segundo plano e a buscar outras prioridades.

3-Esse puxasaquismo em torno de  Leandro Campos incomodou e muito. Ele era adversário, mesmo assim o time dele se sentiu em casa  com o tratamento a pão-de-ló promovido pela direção do ABC. E o jogo ficou com uma cara de pelada de compadres horroroso. Mesmo nas minhas peladas de veraneio, onde eu jogava com amigos e parentes, a disputa era mais renhida. Talvez quem merecesse vencer fosse o limitado time catarinense com seu encaixe de marcação. Do jeito que está, os times podem morrer abraçados na zona.

4-O ataque é uma porcaria total. Joelson ridículo. Não deve ser difícil ser artilheiro do pernambucano, pois é um campeonato cheio de sacos de pancadas. Se ele fosse bom, teria se firmado nos 3 grandes. Aliás, quantos gols ele fez enfrentando o trio de ferro pernambucano? "Artilheiro" por "artilheiro", Fábio Silva fazia mais gols. Pardal é outra palhaçada. Só comovia pelo fato de que seus concorrentes no Estadual eram mais patéticos. Poderia ser melhor sucedido se seu esporte fosse atletismo, pois ele corre muito, mas vive se enrolando com a bola e não sabe chutar a gols, princípio básico de qualquer atacante. Pardal e Joelson me fizeram lembrar do famigerado Malacrias. Quanto a Bombinha, alguém viu ele?

5-Quanto a Guilherme, eu me lembrei do saudoso Guim, que tanto nos deu desgosto no Estadual de 2007. Não seriam a mesma pessoa? A falta de futebol é a mesma. E Guim é um apelido para o nome Guilherme. Daí o sentido da indagação.

6-Os camisas 2 e 6 do ABC entraram em campo? Murilo e Airton já podiam pegar o beco ontem.

7-Além do time titular, a gente olha para o banco e bate o desespero, pois só vemos Raul - que na atual situação é um craque - e  Camilo. O que só mostra que esses times de aluguel montado pela diretoria só está dando prejuízo aos cofres do Mais Querido.

8-Se fosse para contratar esse caminhão de pernas-de-pau e zé molezas a peso de ouro, melhor seria fazer uns peneirões com torcedores do Mais Querido e contratar os melhores pagando umas "bolsas de estudo". Uma coisa é certa: os "jogadores" ao menos dariam sangue pelo pavilhão.

9-Alguns vão pedir paciência, dizendo que ainda é cedo, etc. Foi com esse discurso que muitos fracassos foram consumados ao longo da história do ABC FC.

10-Próxima terça o ABC volta a entrar em campo contra o Grêmio Itinerante. Não vou assistir por razões de trabalho, mas pressinto que não perderei muita coisa.

Gustavo Lucena

Um comentário:

fernando disse...

Essa semana fiz um comentario aqui onde ja externava a minha desconfiança com esse elenco e fui contestado por um internauta que disse que eu fosse torcer pro time de japeganga por ser pessimista.Tem algo de muito errado no ABC e se nós torcedores e socios não tomarmos uma atitude a vaca vai pro brejo! O diretor de futebol tem que ser cobrado,o vice presidente de futebol tem que ser cobrado,o presidente tem que ser cobrado.Alguem tem que dar uma resposta por essas contrataçoes tam bisonhas.