quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Entrevista: Judas Tadeu

Ex-presidente alvinegro fala sobre reformulação do elenco, eleições no ABC, aluguel no Frasqueirão, FNF, imprensa esportiva... Todas as perguntas foram respondidas. Confiram a entrevista de Judas Tadeu concedida à esse humilde escriba.

Papo Alvinegro: Como o senhor avalia essa nova fase do ABC?

Judas Tadeu: Com normalidade, é início de temporada e o elenco está todo mudado.

P. A: E as mudanças no elenco? Em 2011 os jogadores principais – Cascata, Leandrão e Ricardo Oliveira – deixaram o elenco, mas o ABC ganhou em qualidade?

Judas: A alegação da diretoria é de que precisavam mudar, talvez por uma série de problemas de relacionamento dentro do elenco. Com relação à qualidade, a diferença é muito grande.

P. A: Judas é candidato nas eleições do ABC?

Judas: Tenho declarado que apoio a reeleição de Rubens. Seria bom que este assunto só fosse ventilado a partir de Novembro. O que me preocupará, caso Rubens não seja candidato, é que o clube seja entregue a interesseiros e aproveitadores.

P. A: Em 2009 o ABC terminou a Série B na lanterna e não foi campeão Estadual. No final daquele ano a torcida o colocou como responsável do fracasso do Mais Querido. Como o senhor encara hoje essa situação?

Judas: A torcida é passional, e por isso sempre ‘tem razão’. Em 2008/2009, entramos com déficit financeiro muito grande, perdemos o maior patrocinador (SAM’S). Com a perda do Campeonato as coisas ficaram mais difíceis ainda devido a fragilidade financeira. Por motivos políticos dentro do clube, muitos se afastaram. E claro, a responsabilidade cairá sempre para o presidente, que é sempre o mais cobrado.

P. A: Sobrea a FNF houve avanços na gestão de José Vanildo?

Judas: Sem dúvidas, muitos avanços!

P. A: Durante o seu mandato ocorreram alguns atritos com os veículos de comunicação. E hoje a imprensa local tá melhor?

Judas: Reconheço que hoje, ‘o clube’ está muito ‘próximo’ deles. A nossa imprensa é boa, cobra muito, naturalmente, mas alguns aqui são complicados, perigosos e dispostos a ‘vender’ literalmente suas opiniões.

P. A: Vê com bons olhos a possibilidade de o América jogar no Frasqueirão?

Judas: Como torcedor, não vejo com bons olhos. Como dirigente, sim, vejo com bons olhos, pois não se pode deixar de arrecadar, o futebol é muito caro! Sei que isto é um assunto polêmico, mas sou verdadeiro.

P. A: O Frasqueirão – sonho antigo da maior torcida do RN – foi construído durante sua gestão e recentemente foi listado como um dos locais para ser realizados treinamentos do mundial de 2014. Qual o sentimento?

Judas: Sentimento de orgulho! Orgulho não só próprio, mas também de todos aqueles que fazem parte do ABC F.C.

P. A: Conhecia o Papo Alvinegro? O que achou

Judas: Sim, conheci recentemente, apresentado por minha filha que consegue acompanhar com mais freqüência mídias sociais, pois eu ainda levo tempo a adaptar-me a este meio. É um blog interessante, tem um design muito limpo, quase profissional. Parabéns!

P. A: Qual sua mensagem para torcida do ABC nesse início de ano?

Judas: Esperança! Precisamos de calma. Tudo no ABC é muito difícil, e sempre foi assim. Vamos confiar! Hoje temos divergência com alguns componentes da diretoria, mas nem por isso deixamos de torcer. Evidentemente, vamos ao TRI! Saudações alvinegras!

---

Marcelo Farias
@marcelotevez

12 comentários:

Diego Ivan disse...

Judas Tadeu tem um zilhão de defeitos, mas nunca esquecerei o que ele foi capaz de fazer pelo ABC. Apostou num sonho e teve a capacidade de torna-lo possível. Como ABCdista eu sou muito a grato por tudo, apesar dos percalços.

MÚSICA F. C. ! A VOZ DAS ARQUIBANCADAS. disse...

Judas é humano, tem qualidades e defeitos, mas insistem ( alguns setores ) em apenas denegrir a imagem de um homem de bem.

Cordialmente,
José Leonardo

José Alex Medeiros disse...

Bela entrevista Marcelo, parabéns mesmo.

Um grande abraço

Marcelo Farias disse...

Muito obrigado José Alex.

Marcelo Farias disse...

Eu também tenho divergências de opiniões com Judas, mas reconheço o excelente trabalho dele a frente do ABC. Judas teve a visão e apostou na infraestrutura do Mais Querido.

Hoje o ABC colhe frutos dessa aposta.

Anônimo disse...

Futebol é mesmo uma coisa podre. Atirar pedras em Tadeu é um baita sacanagem

Gustavo Lucena disse...

BPA / Marcelo Farias dando aula aos maganos da crônica local como se fazer uma entrevista sem criar qualquer polêmica.

Marcelo Farias disse...

Muito obrigado Gustavo Lucena.

blogger disse...

PARABÉNS MARCELO
FICO MUITO BOM MESMO


PARABÉNS MAIS UMA VEZ
DEUS TI ABENÇÔE

Black Ace disse...

Ééééééé... Judas nem morreu e já virou bonzinho...

Me lembro a pouco tempo, neste blog, qualquer um que falasse um tantinho assim em prol de JT, era taxado de Judete, e aparecia logo com o "judete detected".
Já disse e reafirmo, Judas quase quebra o ABC, mas quase mesmo.
Por muito pouco ele não inviabilizou o clube.

Eu quero JT a léguas do ABC.

Diego Ivan disse...

Black Ace meu bom, a verdade é que JT tem mil defeitos, dentre eles, ser pessimamente assessorado, esses são as Judetes.

A minha opinião é e não muda; JT foi um grande presidente para o ABC. Diferente de um zilhão de seus predecessores que somente dilapidaram o patrimônio do clube. Ele transformou um patrimônio que só absorvia recurso em algo que hoje viabiliza o futebol do ABC.

Vou ser sincero, não gosto de ver ABCdistas longe do ABC. Acho que quanto mais ABCdistas participarem do ABC melhor. Não torço para que Judas se afaste, da mesma maneira que não torci quando Fernando Suassuna foi execrado por Judestes enfurecidas durante um pleito. Onde está Fernando hoje?

Abraço!!!

PS. Quais as previsões do Pai Old Black Ace(Pai Preto Velho Ás) para o ultimo ano da existência da humanidade?

Black Ace disse...

Tô com uma preguiça da porra, mas tudo vai acabar mesmo, em 21/12.

Paciência...