sexta-feira, 22 de julho de 2011

Supersônicas (22/07/11)

Desfalque ou reforço?

Pio foi vetado pelo Departamento Médico e em seu lugar jogará Nêgo ou Samuel.
A dúvida persiste pelo fato de Nêgo ainda não está plenamente recuperado da contusão.

De qualquer forma a situação está mais para reforço do que propriamente um desfalque, primeiro porque ambos são laterais/alas de ofício e depois porque o Pio não está jogando bem e o pior, anda com um rebolado de fazer inveja a mulher-melancia, vide os chiliques que ele deu em Makelelê no último jogo.

Como é que é?

Leandrão e Bombinha são centroavantes fixos, possuindo, portanto, as mesmas características. Mesmo assim Leandro Campos sempre os escalava para jogar juntos.

Éderson também é um centroavante, com a diferença de que ele tem mais mobilidade para cair pelos flancos. No entanto, segundo o treinador, ele jamais poderia fazer dupla com Leandrão ou Bombinha porque....possui as mesmas características de ambos!!

Onde foi que Malaquias jogou bola?

Ou eu vivo numa bolha ou estão vendo chifre em cabeça de cavalo.

Não sei porque a crônica dar esse cartaz todo a Malaquias, jogador fraco não só aqui no ABC, mas também em outros clubes.

Se não me falhe a memória, ele fez parte do time do Bragantino em 2007, cujo principal jogador era Valdir Papel.

Mesmo não acompanhando o futebol paulista, nunca ouvi falar num jogo de destaque desse atleta.

Se Malaquias fosse esse jogador todo, teria ficado na Portuguesa, clube de maior porte pelo qual passou.

Quando foi contratado pelo ABC, fui um dos que não se empolgou de jeito maneira. Para mim as contratações mais expressivas foram Nêgo e Makelelê, o primeiro por ser ídolo da Frasqueira e o segundo por ter tido uma passagem de destaque pelo Santo André. E o Bombinha era apenas uma aposta que acabou dando certo.

Por isso não entendo o porquê da crônica ficar iludindo ao torcedor ou até a si mesmo de que Malaquias foi/é um craque.

Rumo ao G-4

Apesar do Malaquias, acho que o ABC tem boas chances de chegar a G-4 nesse fim de semana, pois com as entradas de Nêgo e Éderson, o time ganha mais poder de fogo.

No entanto, será preciso acima de tudo anular a nulidade chamada Malaquias para obter um bom resultado em Varginha. E torcer para que Alessandro Lopes - outro xodó do treinador - não comprometa.

Sobre patrocinadores e reforços

Nessa semana finalmente o ABC obteve o tão sonhado patrocínio da ALE.

Mesmo assim, acho que a prioridade não será a contratação de reforços, mas sim a manutenção dos principais atletas do time que estão bem valorizados - o que está certíssimo, afinal quem quer subir tem que manter os melhores jogadores e estancar a sangria.

Ou alguém aqui é ingênuo em acreditar que os atletas que foram fortemente assediados pelo futebol asiático não receberam reajustes salariais para permanecerem no ABC?

Gustavo Lucena

2 comentários:

Diego Ivan disse...

Bigode tá de brincadeira, Ederson não ter lugar no time brigando com Malaquias... Brincalhão esse doido...

Abraço!!!

Anônimo disse...

Gustavo Lucena tá doido. Está provocando a ira das flavetes. Elas vão ficar loucas por você ter criticado uma contratação de Flávio Anselmo.
Tá doido Gustavo.
Cuidado com as flavetes.

Sou independente, sou TGA, sou Paulão Silveira Neto.