domingo, 22 de agosto de 2010

Pulando carniça

O ABC vence o Salgueiro por 3 a 1 pela 5ª rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro, com gols de Cascata duas vezes e João Paulo para o ABC, para o Salgueiro descontou Edu Chiquita. Com a vitória o ABC assume a liderança de seu grupo, dois pontos a frente do segundo colocado.

A vitória por 3 a 1 pode enganar os desavisados, uma aparente tranquilidade sugeria pelo marcador não reflete o sufoco que os 5.000 presentes hoje no Frasqueirão presenciaram. O Salgueiro jogando pelo tudo ou nada e o ABC repetindo erros que pela enésima partida seguida se tornou tradição.

Depois de tantos jogos fora de casa, alguns deles sem transmissão de TV, posso dar minha opinião para a queda de rendimento do time ABCdista. O grande problema Alvinegro, nas ultimas partidas é a saída de bola. Ficou mais lenta e a qualidade do passe também caiu. Vimos isso no jogo de hoje. Será que a saída de Claudemir é o causador desse problema? Eu tenho certeza que sim.

O amigo que acompanha o BPA lembra quando escrevi sobre Claudemir e seu substituto, o Everton César. Para mim fica mais do que claro que Claudemir faz uma falta desgraçada nesse time, já que ele é um jogador que acelera o jogo com seu passe, principalmente dita o ritmo ofensivo do time, que sempre foi muito rápido. O Everton César é esforçado ofensivamente, mas não chega aos pés do Claudemir. Por isso o ABC chega mais lento ao ataque, centralizando muito as bola, centralizando muito o jogo criativo nos pés de Cascata, apesar de dois bons laterais.

Durante a semana se levantou a lebre do condicionamento físico dos jogadores, acho que não é esse o problema, apesar de que o ABC deve tentar fazer um revezamento dos titulares. Uma hora alguém estoura.

O Cascata é um capitulo a parte, eu já disse aqui no Blog que ele é um craque, por isso não me surpreendo com ele. De jogadores do nível de Cascata, mesmo quando eles não brilham tecnicamente, mesmo quando o time não o ajuda, uma hora ou outra o cara resolve. No jogo de hoje foi brincadeira, marcou dois gols que salvaram o ABC no segundo tempo.

Mesmo com tudo o que foi dito aqui, tenho a impressão que o principal trabalho de Leandro Campos nos próximos jogos é evitar essa queda técnica do time, pois aparentemente a equipe entrou num período de declínio técnico. É o que a turma chama de virar o fio. Vamos torcer que isso não se comprove.

O ABC volta a campo para enfrentar o Fortaleza pelo Campeonato do Nordeste, jogo que será realizado na capital Cearense as 17:00hs do dia 25/08.

Ficha Técnica

Local: Estádio Frasqueirão, Natal/RN.
Público: 4.591 pagantes.

Arbitro: Joaquim Florenço Martins/CE.
Assistente 1: Thiago Gomes Brigido/CE.
Assistente 2: Francisco Carlos Feitosa da Silva/CE.
4º Arbitro: Italo Medeiros de Azevedo/RN.

ABC(3): Wellington, Lisa, Tiago Garça, Leonardo e Renatinho Potiguar; Basílio, Ricardo Oliveira, Éverton César (Gabriel) e Cascata(2) (Padilha); João Paulo(1) e Eraldo (Éderson). Técnico Leandro Campos.

Salgueiro(1): Marcelo, Rogério Rios, Leo Gama, Eridon, Serginho, Lismar, Pio, Júnior Maranhão, Clebson, Edu Chiquita(1) (Bea) e Júnior Ferrin (João Paulo). Técnico Cícero Monteiro.
Photobucket

3 comentários:

MÚSICA F. C. ! A VOZ DAS ARQUIBANCADAS. disse...

Acho que o Claudemir é um atleta que joga para a equipe e não aparece para os holofotes, já venho dizendo isso faz tempo.

Concordo que o jogador em comento impõe velocidade e não se preocupa em APARECER PARA A IMPRENSA, ou seja, tem espírito coletivo.

Fico na expectativa do retorno - o quanto antes - do jogador.

Acho que as críticas ao Claudemir foram demasiadas, mas este espaço (de tempo) sem a participação do Claudemir termina sendo positivo, notadamente para o seu repouso muscular, mas, porém, contudo, todavia, é BOM DE VOLTE LOGO. É positivo que se recupere bem, mas a sua ausência informa queda de velocidade na saída de bola.

Até a próxima

José Leonardo

fernando disse...

estou muito preocupado porque é nitida a queda de rendimento do ABC. a dois ou tres meses atras um time com o nivel do salgueiro seria goleado ja no primeiro tempo pelo mais querido.

Diego Ivan disse...

O nó do ABC é a ausência do Claudemir, que em jogos como o de ontem teria feito a diferença. Fora de casa o Everton joga melhor por que o time precisa de um jogador mais marcador. Mesmo assim prefiro o Claudemir.

Abraço!!!