domingo, 1 de agosto de 2010

Empate muito ruim

O ABC empatou com o Alecrim por 1 a 1, gols de Ederson para o ABC e Nêgo para o Alecrim.

Jogando em casa o empate foi ruim para o ABC, mas o pior não foi o empate, a pior coisa foi mesmo o futebol apresentado pelo ABC. Sem criatividade, sem qualidade e eu diria que até sem vontade. Não sei o que ocorreu na preparação do ABC, mas no jogo de hoje o Alvinegro esteve completamente fora de jogo. É claro que a falta de ritmo do time titular, devido a folga na tabela de jogos, prejudicou o desempenho do time dentro de campo.

O Alecrim jogou naquilo que se esperava de um time treinado por Ferdinando Teixeira, ou seja, marcação da saída de bola adversaria e um grande bloqueio na entrada da área. Foi isso que ocorreu, o time armado no 3-6-1, com um volante enfiado entre os zagueiros Blot e Fabiano, os laterais recuados e apenas o Somália no ataque. Apesar dos entendidos em futebol terem dito que o Alecrim jogou no 4-4-2. Somente no segundo tempo o Alecrim se soltou no jogo, motivado pelo desacerto do ABC após o gol de empate.

Jogando mal, com Cascata muito marcado e João Paulo escondido, o empate foi justo, mas futebol não trata de justiça.

Agora tratarei de dois assuntos, um que fujo sempre que surge e outro que é recorrente aqui no Papo Alvinegro:

Arbitragem: Amigos, apesar de não querer entrar no mérito de Arbitragem aqui no Blog, tenho que dizer que o Arbitro Paulo Jorge é muito ruim. E percebam que se trata do melhor ranqueado na FNF. Inversões de falta, erros de interpretação e estrelismo, foram o repertorio de asneiras cometidas por esse cidadão. Já o bandeirinha 1, Clistenis Juny, marcou impedimento erradamente em um gol de Leonardo, no segundo tempo, onde o atleta que vinha de trás da zaga adversaria. Terrível a arbitragem.

Leandro Campos: Mais uma vez o ABC jogou sem ter um técnico na beirada do gramado. O que é que Leandro Campos fez neste jogo? Faz o feijão com arroz durante a semana e durante os jogos, mas na hora de reverter a situação do time dentro de campo complica. Nunca, eu disse nunca, foi o responsável por modificar o panorama das partidas. Sempre aquela modificação 6 por meia dúzia, que não modifica o estilo de jogo do time. O time ficou o jogo todo com a marcação montada em Cascata, João Paulo e Ederson, mas nem por isso mudou o estilo de jogo do time, nem por isso trocou taticamente alguma peça por outra. É um treineiro e não levem isso como desabafo de torcedor depois de um resultado ruim, pois já venho falando isso por pelo menos dois meses.

O destaque negativo além dos dois já citados acima, foi o frangaço sofrido pelo goleiro do ABC. Wellington tentou adivinhar a trajetória da bola e foi enganado pelo efeito. Acontece, mas tem que continuar o trabalho, não pode se entregar.

O ABC volta a campo na próxima quarta-feira dia 04/08, quando enfrentará pela Copa do Nordeste o Fluminense/BA.

Ficha Técnica

Local: Estádio Frasqueirão, Natal/RN.

Árbitro: Paulo Jorge Brandão Figueira (RN)
Assistente 1: Clistenis Juny de Souza Alvez (RN)
Assistente 2: Vinicius Melo de Lima (RN)
4° Arbitro: Suelson Diogenes de França Medeiros (RN)

ABC(1): Wellington, Lisa, Tiago Garça, Leonardo, Renatinho (Renatinho Potiguar), Basílio, Everton César, Claudemir, Cascata, João Paulo e Éderson(1) (Felipe Moreira). Técnico: Leandro Campos.

Alecrim(1): Jair, Ângelo, Fabiano, Márcio Blot, Nêgo(1), Nivaldo (João Paulo), Hércules, Marcelinho, Cipó (Henrique), Helinho e Somália (André). Técnico: Ferdinando Teixeira.
Photobucket

Um comentário:

Gibson Azevedo disse...

Pois é, Diego, e nós do Alecrim, com mais uma rodada na liderança, achamos o jogo bastante interessante. Pode?