quinta-feira, 6 de maio de 2010

Natal deixará de ser sede da Copa 2014 (2)

Vamos ver o que fala o Deputado Estadual José Adécio, sobre suas recentes declarações em relação ao projeto de Natal para a Copa. Trecho de entrevista extraído do Blog Fome de Gol do ótimo Jornalista Gabriel Negreiros. 

Como será o movimento público para impedir a derrubada do Machadão e Machadinho?

Desde o início sou 100% contra. Como também sou 100% a favor da Copa 2014 em Natal. Sou contra o desperdício do dinheiro público. A decisão está tomada, vamos levar adiante essa campanha. Estou avaliando a probabilidade de entrar com um pedido de ação popular contra a demolição do estádio.

Quero preservar um bem público cultural e artístico do RN. Agora, uma andorinha só não faz verão. Ainda não consegui convencer a maioria da imprensa do RN, nem a classe política que isso é um mal. Fiz audiência pública e depois dela saí ainda com mais dúvida!

Você citou que existe um projeto de adequação do Machadão já aprovado. Quem fez o projeto? De quanto é o orçamento?

Feito pelo arquiteto Moacir Gomes da Costa, custaria 86 a 90 milhões de reais e foi arquivado. Não existe projeto técnico para construção da Arena das Dunas. É apenas uma maquete bonita. Uma enganação.

O senhor é um desportista. Acha mesmo que o Machadão tem condições de sediar jogos da Copa do Mundo? Todos sabem dos problemas estruturais e uma reforma muitas vezes é mais caro que a construção de um novo…

Não tenho só convicção. Tenho certeza. Não sou só engenheiro civil, eu fui dono de construtora. É preciso muita convicção para tomar as decisões que estou tomando.

Não apareceram empresas para a concorrência pública da primeira obra. A que se deve isso?

É uma interrogação do tamanho do RN. A obra que qualquer construtor ou engenheiro mais gosta é demolir e aterrar. E ninguém aparece? É muito estranho. Tanto que os organizadores ficaram surpresos.

Pode perguntar a qualquer pessoa do Governo. Como será a implosão? Ninguém sabe ainda. Ninguém sabe o que fazer nem com o entulho.

Há 15 dias seria um PPP, agora é processo licitatório.

O Governo vai criar um fundo para assegurar o pagamento do empréstimo à empresa vencedora da concorrência.

Ninguém pode aprovar nada sem que passe por um projeto legislatório. Essa história do Governo do Estado criar um fundo com imóveis e bens para a empresa vencedora da concorrência construir o estádio é o maior absurdo!

Deputado, isso parece um discurso de ano eleitoral.

Ao contrário. É uma medida que o cidadão pode entender como eu sendo contra a Copa. E o povo quer a Copa. Eu estou correndo é riscos! Ainda bem que eu sou um desportista e todo mundo sabe que eu adoro futebol.

Isso não me preocupa.

Falaram isso quando eu achei que o Judas Tadeu deveria sair do ABC, e acharam que eu queria assumir o ABC. Falaram que era uma jogada eleitoral para eu tomar o ABC. Eu tomei o que? Eu aprovo a nova diretoria do ABC. 

Do Blog:

Muito bonita essa conversa, R$90 milhões? O Engenhão começou assim, R$60 milhões para a construção, e até hoje ninguém consegue fechar a conta daquele Estádio, suspeita-se que custou mais de R$400 milhões.

O Deputado ao invés começar um trabalho de fiscalização dos gastos publico, resolve botar terra geral, com uma idéia que beira no mínimo o absurdo. 

Isso me parece papo de quem ficou fora da divisão do bolo. 

Amigos, parece que ninguém sabe realmente dimensionar o quão ultrapassado o Machadão ficou nestes 30 anos, tem gente brincando com o assunto Copa. A parte logística, tecnológica e hidráulica. 

Se o atual administrador do Machadão, Tertuliano Pinheiro, em entrevista a uma Radio, se queixou do quão sucateado é o Machadão, imagine a FIFA? 

A FIFA torce que dê merda em algumas capitais, parece que Natal já está fedendo, já que o numero de sedes foi aumentada especialmente por que Lula pediu. Duvido que a entidade aceite uma remodelação do Machadão, principalmente por que o exemplo do Morumbi está ai pra quem quiser ver. 

E a capacidade mínima do Machadão, duvido também que mesmo remodelado ele atinja os 45 mil espectadores, numero mínimo para a Copa, isso sem estourar o orçamento de R$90 milhões. Faz me rir. 

Gente como o Deputado parece agir por puro oportunismo, já que a Natal foi selecionada desde 2008, se não me falhe a memória, e onde estava ele quando se apresentou o projeto. Desde essa data José Adécio permaneceu calado, e se falou não se fez ouvir, ou seja, esperou o prazo limite dado pela FIFA para criar um factoide e posar de defensor do erário Publico. 

Dessa maneira a Copa será uma triste recordação para os Potiguares.
Photobucket

2 comentários:

Anônimo disse...

Não dá pra saber qual é o mais caro pq a NÃO EXISTE PROJETO DA ARENA DAS DUNAS.

Sem projeto,não se pode quantificar quanto se vai gastar com cimento, ferro, areia etc.

Não se pode quantificar NADA sem projeto, logo, não se pode fazer ORÇAMENTO.

Sem orçamento NÃO SE PODE CONTRATAR nenhuma empresa.

Não se pode licitar.

Não se pode começar nada, nenhuma obra sem projeto.

Sobra a reforma do Machadão pelo menos existe um projeto e um orçamento BASEADO NESSE PROJETO e não uma mera maquete virtual e um chute estimado.

ney disse...

realmente, isso também já deduzia desde quando foi anunciado, natal para a copa,o mais interessante é a quantedade de leigos, que existe e que balança a cabeça com tudo que é ouvido ou visto.
naõ sendo do contra, mas torço que isso dê realmente numa merda grande que eu posso ver de camarote, as richas deles nos palanques, patetico.