segunda-feira, 10 de maio de 2010

Desabafo: Série C de merda!

Acompanhando a estréia das Séries A e B do Camp. Brasileiro, me bate um sentimento de revolta em saber que o ABC poderia está lá, pelo menos no 2º escalão do futebol brasileiro.

É indignante saber que, no lugar do Mais Querido a gente ver pesos-mortos como ASA de Arapiraca, Santo André, Icasa, Brasiliense, Ipatinga, Grêmio Prudente e outros clubes do MST (Movimento dos Sem-Torcida) ocupando o lugar de times que possuem torcidas apaixonadas e que estão alijadas de verem seus clubes jogarem no santo domingo de cada semana.

Mas a revolta poderia ser menor se a Série C tivesse uma fórmula de disputa decente e digna. Se não dar pra adotar o sistema de pontos corridos de todos-contra-todos, que fosse adotada uma fórmula que garantissem ao clubes jogos até o fim do ano.

A CBF mão-de-vaca tá com os cofres entupidos de grana, o que custaria bancar algumas viagens e hospedagens?

A Série C parece até uma maldade da CBF para implodir os clubes brasileiros. Nem os matutões ou os campeonatos internos da penitenciária de Alcançuz possuem um regulamento tão ridículo, tão anacrônico e principalmente tão deficitário e prejudicial para os clubes.

Já vi relatos de que tal fórmula de disputa é extremamente maléfica para os cofres dos clubes, pois no máximo só terão 7 rendas.

O ABC está investindo alto, montando na teoria um time de Série B, mas que está sujeito ao risco de só disputar apenas 8 jogos (bate na madeira)! Não existe coisa mais absurda que isso?

O time faz um investimento alto, planejando-se para atuar até novembro e de repente, mal termina agosto e já é forçado a fechar as portas. Imagino o rombo que deve ficar no clube, por conta de um calendário escroto.

Alguns ABCdistas poderão dizer que estou louco em querer que o ABC dispute um Campeonato mais alongado, com mais jogos para disputar. E que a Série C tá ótima, porque o ABC só precisaria derrubar 1 mata-mata para subir.

Não vejo por aí, acho que é uma roleta russa, em que não há espaço para qualquer recuperação, o que aumenta o stress e a pressão não só em cima de jogadores, mas também na diretoria e na própria torcida. Quem não se recorda p.ex. da fatídica Série C de 2003, quando o ABC só jogou apenas 1 mês e foi eliminado subitamente pelo ASA de Arapiraca em pleno Machadão?

Eu como ABCdista tenho muito prazer de ir ao Frasqueirão, ver o ABC jogar todo fim-de-semana.

E essa Série C cotó só me traz revolta em ver o meu time alijado de jogar.

Pronto, desabafei

Photobucket

5 comentários:

Anônimo disse...

Isso está perto de acabar.

Com os 60 melhores times do Brasil formando uma liga forte(Clube dos 13).

Os campeonatos não serão mais organizados pela CBF e sim pela própria liga(Clube dos 13) como ocorre em toda a Europa.

A CBF deixa de ser o intermediário que ficava com a maior parte do dinheiro.

E os clubes negociarão diretamente com a televisão e os patrocinadores.

A CBF cuidará apenas da Seleção Brasileira e provavelmente da Copa do Brasil(na europa é assim), o resto será totalmente organizado pelos próprios clubes.

Jacson Artson disse...

Realmente é uma forma de disputa muito da escrota!!!

Realmente é foda ver um time bom, perder um jogo por 1x0 depois de um bate e rebate na pequena área onde a bola chutada para fora, resvala na grama, no bico da chuteira do gandula e ultrapassa apenas pela metade a linha. Pronto o cabaré tá feito, porque aquele bandeira FDP vai dá o gol e a torcida vai morrer de desgosto!!!(isso é se não invadir o campo e matar o bendito bandeira).

Deus nos livre de uma dessa!!!

Diego Ivan disse...

Eita olha o Jacson de volta, faiza tempo que esse homi não pintava por aqui...

Abraço!!!

Jacson Artson disse...

Fala Diego, sempre estou na área. Acesso o blog todos os dias, gosto do espaço, da receptividade e do texto da galera.

Abraço a todos.

Anônimo disse...

O ABC está na Série C porque foi rebaixado e nao adianta se lamentar. É a regra do jogo.