quinta-feira, 1 de abril de 2010

Rapidinhas

Renatinho

Golaço na forquilha, passe para gol e suspensão pelo terceiro amarelo. Esse foi o saldo da participação do lateral esquerdo Renatinho no jogo de ontem. Quem será o substituto do crioulo na esquerda? Delano, um volante deslocado? Melhor Delano, mais uma improvisação vai deixar o ABC a pé de vez.

Arbitragem é um caso sério

Não se pode elogiar arbitragem, o Lenilson de Lima foi bem ontem, mas isso não quer dizer que o Leandro Saraiva Dantas também vá bem no domingo em Mossoró.

Câncer dos 13

Amigos o tal Clube dos 13 é um verdadeiro câncer do nosso futebol, mesmo que levante a bandeira de liberdade aos Clubes Brasileiros. Em período eleitoral nessa confraria eu quero falar sobre os dois candidatos. O Fábio Koff é macaco velho, montou esse esquema da divisão das rendas da TV, dinheiro esse que se concentram no eixo Rio-São Paulo. Já o Kleber Leite é escolado em falácias e factoides, caso seja eleito já o vejo com cacife para comandar a CBF. No Flamengo quando presidente do clube, deixou um divida impagável. Os Clubes de menor projeção que se preparem.

Marcos Lopes e as duas linhas de 4

É incrível a insistência do narrador em dizer que o ABC já jogou neste Estadual com duas linhas de quatro. O 4-4-2 Inglês(Com duas linhas de 4) é diferente, para começar os laterais são verdadeiros zagueiros e não há mobilidade entre os setores, não há troca de posições. Eu quero saber se em algum momento o ABC jogou assim, ou será que eu estou alucinando quando via o Renatinho subindo pela esquerda e os jogadores do meio mudando de posição? O 4-4-2 Brasileiro convencional todo mundo conhece, vejam o esquema...

Post Reloaded

Vejam a Inglaterra executando o esquema com duas linhas de quatro, a resolução tá muito boa e por isso demonstra bem a diferença para o que é usado no ABC.



papoalvinegro@gmail.com

7 comentários:

Alexandre Costa disse...

Diego, Marcos Lopes tem sua razão sim. Renatinho não subia ao ataque quando fez sua estréia no ABC e nas 2 ou 3 partidas seguintes. Acho que até por receio de o ABC levar algum gol na sua ala.
Mas ele mudou da água pro vinho, e passou a subir, atacar, fazer gols de falta, tornou-se um verdadeiro ala.
Daí vem a minha crítica! Esse setor ficou mais descoberto com as subidas de Renatinho. Nenhuma crítica a ele, mas ao 4-4-2, 3-5-2, ou qq que seja o esquema que o ABC utilize. Nossos volantes e os zagueiros não acompanham defensivamente a subida de Renato.
Já o lado direito do Mais Querido é outro problema. Não dá nem pra se ter algum referencial, dada a quantidade de jogadores que passaram por lá.
O 4-4-2 do ABC começou sim jogando como ML falou mas agora joga como vc está falando.
E esse é o meu medo com o 4-4-2 novo: os volantes são uma merda e os zagueiros lentos.
Não quero dizer (é pra vc Prudêncio!!!) que o 3-5-2 resolva. Na verdade nada resolve até que tenhamos volantes de pegada e uma mudança nos zagueiros.
Abraços,
Alexandre

Diego Ivan disse...

Amigo tenho que discordar, principalmente por que mesmo subindo pouco Renatinho subiu, fato que não ocorre com duas linhas de quatro. Se a intenção do Leandro foi implantar isso, fracassou plenamente. Na direita com Acácio também havia subidas.

Com duas linha de quatro, que faz a linha de fundo são os meias, os laterais são zagueiros mesmo.

Vou ver se arranjo um vídeo da Copa de 2002 da Seleção Inglesa, quando o time jogava dessa maneira.

Quando achar vou dar um reloaded neste post.
Abraço!!!

Vicente Prudêncio disse...

Diego Ivan, acho que tudo depende do ponto de vista ou do conceito que vc dá às linhas de 4. Se o conceito for esse que vc utilizou no post, então, com exceção do jogo contra o Corinthians, que eu não vi, o ABC não utilizou as citadas linhas. De fato, quem vem jogando com a 2 ou com a 6 sempre vem subindo ao ataque, seja o cara da posição ou não. Bileu ontem, por exemplo, cansou de ser visto apoiando. Renatinho nem se fala... (o pior é que no 4-4-2 os caras vem apoiando mais do que no 3-5-2, o que mostra até de certa forma o ENCAIXE do esquema).

Agora, se vc utilizar outro conceito das linhas de 4, um exclusivamente defensivo, então em certos momentos o ABC atuou sim desta forma, quando se defendeu. Particularmente, sou a favor desta fórmula defensiva (apenas defensiva)...

Ainda sobre esta outra perspectiva, já vi o Barcelona se defendendo com duas linhas de quatro, nestes dias mesmos, quando inclusive o comentarista da espn citou tal fato. Os laterais eram Daniel Alves e Maxwell e dava para ver nitidamente as duas linhas de quatro...

Olha esquema tático bom é uma coisa que varia o tempo todo. E a minha predileção pelo 4-4-2 se deve justamente por tal fato. Se um lateral vai ao ataque, o esquema passa automaticamente para o 3-5-2, ou 3-4-3. Se um meia avança, temos o 4-3-3. Se um dos atacantes recua, temos o 4-5-1...

Ah amigo, Pepe Guardiola, acho, é o cara que mais vem brincando com esquema tático. Ninguém mais sabe como joga o Barcelona, se no 4-3-3, no 4-4-2, no 4-3-1-2, enfim...

Já um terceiro zagueiro, esta é a minha opinião, é algo que engessa completamente um time de futebol, pois o campo para variações táticas vai para o espaço...

Sobre a guerra 4-4-2 x 3-5-2, enquanto finalizo este comentário, vejo que o Santa Cruz acaba de eliminar o Botafogo na Copa do Brasil. O Botafogo que joga com três zagueiros, tem um volante na ala direita (Somália, ex-Japé), enfim...

O futebol do Botafogo é horroroso e, segundo Mauro César Pereira, o Santa Cruz foi superior o jogo inteiro (concordo!!!).

No caso do ABC, tem nem mais o que discutir... O título do seu post anterior diz tudo, já que é no 4-4-2 que a galera gosta. É no 4-4-2 que a parada vem se resolvendo, enfim. É no 4-4-2 que temos o MELHOR ATAQUE disparado da competição, um dos melhores ataques do últimos tempos dentro do RN, enfim... Agora, se os zagueiros e volantes não prestam, a conclusão só pode ser uma: quanto menos volantes e zagueiros, melhor. O CONTRÁRIO É BURRICE OU TOLICE.

Outra coisa, esse 4-4-2 tá mais para o 4-4-2 da SELEÇÃO em 94 mesmo, como vc falou em outro post. A função de Claudemir se aproxima da de Zinho... Éderson e João Paulo, ágeis e velozes, de longe lembram a dupla Bebeto e Romário, enfim...

Vou indo.

Depois escrevo mais aqui...

Black Ace disse...

Brodinho. desta vez vou discordar de você. É 4-4-2 com os laterais menos fixos.
Pra mim, apenas isso.

Diego Ivan disse...

Pessoal que comentou, ambos os esquemas são 4-4-2 em sua origem, só que o Brasileiro utiliza como arma ofensiva a subida dos laterais alternadamente. Esse esquema é uma subversão do 4-4-2 com duas linhas de 4 zagueiros e 4 jogadores de meia. Esquema esse que substituiu o WM(Do tempo de vovó menina), aquele com pontas. O com duas linhas de quatro é rígido, jamais visto por essas bandas, por que não há alternância de posições, não há ultrapassagens, nada lembra o futebol Brasileiro.

No ABC jogando com Renatinho na esquerda, mais contido, subindo quando exigido e na direita com qualquer um fixo, não pode ser um esquema com duas linhas de 4. O ABC lembra mais o Milan de Anchelloti Campeão da Champions League, onde na no meio o time variava de losango para quadrado e nas laterais tinha Cafú livre para apoiar e na esquerda um zagueiro geralmente o Paolo Maldini.

Na esquematização que montei, as linhas amarelas mostram que os laterais não passam de maneira nenhuma.

Acho que há um erro de conceito, tanto na visão do ML, quanto na de vocês. É claro que o movimento do jogo exige algum tipo de cobertura, a dinâmica do futebol impede a utilização de duas linhas de 4 rígidas, tanto é assim que se conta nos dedos exemplos deste esquema.

Variações do 4-4-2 existem, principalmente dentro de um jogo, 4-3-1-2(3 volantes), 4-2-2-2(2 volantes 2 meias), 4-1-1-2-2(1 libero 1 volante e 2 meias) e outras variações.

Abraço!!!

Black Ace disse...

Diego.
O enrijecimento do esquema só acontece quando existe apenas marcação por zona, quando não, a postura tática do time se torna flexível ao ponto de as vezes não identificarmos o esquema montado.
O ABC deu certo com o 442 e não 352.
Ele usava o 442.
Não seja teimoso como eu.
Já basta um.
hehehehehe

Abraços acalorados.

Vicente Prudêncio disse...

Cara, tudo parece ser questão de CONCEITO, de TERMINOLOGIA...

Deixando a questão de lado, acredito que na verdade o 4-4-2 do ABC é um 4-2-2-2, com variação para o 4-4-2 (duas linhas de quatro) e até o 4-5-1, quando o time está todo em seu campo defensivo e sem a posse de bola.

O que acha?

...

Mudando de assunto, veja só, não estou sozinho neste mundo. Há também quem defenda um futebol ofensivo, onde não há a preocupação de se encher o time com três ou mais zagueiros... Veja aí:

http://video.globo.com/Videos/Player/Esportes/0,,GIM1241224-7824-OUSADIA+DE+DORIVAL+JUNIOR+E+UMA+DAS+EXPLICACOES+PARA+GOLEADAS+DO+SANTOS,00.html