quinta-feira, 8 de abril de 2010

Machadão é uma brincadeira... (1996)

O Machadão é um caos organizado, que por natureza estoura sempre nas mãos de seus administradores. Aquilo é um mix de vários problemas, que a turma teima em esconder, sempre que se fala no assunto. Parecem ter medo de externar o quão centenária é a estrutura do trintão, chamam de charmoso, que é uma maneira mesmo ofensiva de chamar alguém de feio e esculhambado.

O monstrengo de cimento armado (Poema é o cara***) é sempre um tormento, vou elencar algumas das minhas nada boas impressões em um Machadão virtualmente vazio:

O que mais teve no jogo de ontem foram entradas irregulares. Um amigo entrou com um acompanhante portando apenas um ingresso, isso dica de um cambista no portão 11. Um entrou com o ingresso e o outro com o canhoto. Segundo esse amigo se ele estivesse com um papel de pão cortado nas dimensões do ingresso ele teria tido acesso. Como é que essas coisas acontecem?

São muitos problemas estruturais, tanto no acesso dos torcedores na arquibancada e geral, quanto aos que ali trabalham. Ontem foi necessário atender uma pessoa nas cadeiras, e só agora perceberam que a tarefa é quase impossível. Como resgatar alguém com maca, em qualquer setor do Estádio, principalmente nas tribunas, se internamente o Machadão é um intrincado de verdadeiros becos e escadarias?

A Ambulância deve ter acesso sim as dependências do Estádio, não necessariamente dentro do campo de jogo. A orla do gramado em alguns jogos é um verdadeiro estacionamento de carros de serviço, tem bombeiro, rabecão, ambulância e ônibus. Em alguns jogos fica difícil ver o campo da geral, no lado esquerdo das cabines, de tanto carro que estaciona ali. Deveria existir sim apenas uma equipe de socorristas, paramentada e não ambulâncias dentro de campo.

(Não é exclusividade do Machadão) O Estatuto de Defesa do Torcedor exige que uma ambulância fique sempre a postos caso alguém necessite, ou seja, mais de uma é necessária, já que enquanto uma faz o atendimento a outra fica a disposição caso seja necessário. Em jogos com menos de 10.000 torcedores apenas uma fica apostos, torcendo que não ocorra dois atendimentos simultâneos. Eu sei que o Estatuto exige uma ambulância para cada 10mil espectadores, mas e se...

A geral do Machadão é brincadeira, quem tem mais de 1,65m de altura fica em posição desconfortável sempre. Eu que tenho 1,75m e assisti o Alecrim 0 x 1 ABC na geral e estou praticamente entrevado. Amigo, ou se assiste em pé ou nada. Isso me leva a outro assunto, a iluminação do Machadão, ridícula não é mesmo? Se até os baba-ovos se incomodam, imagine a turma que paga ingresso. Pelo menos em 70% do Estádio é inviável assistir jogos ali, se tem visão parcial de metade do campo e na outra metade é visão completamente ofuscado tamanho feixe de luz no campo de visão do torcedor. Se pelo menos o jogo tivesse ajudado, 50% dele eu teria mais ou menos visto.

Resultado, perdi R$20, não vou mais ao Machadão, é de dar raiva. O pior é que alguns ainda querem reformar aquele monstrengo. No dia que aquilo vier abaixo, vibrarei como em um gol do ABC, mesmo que boas memórias eu tenha naquele Estádio, que nunca foi poema, nem em sua inauguração.

papoalvinegro@gmail.com

5 comentários:

Gustavo Lucena disse...

Se não me falhe a memória esta iluminação foi decorrente da última reforma.

As únicas grandes virtudes do Machadão é apenas o eco que a Frasqueira faz e a sua capacidade. Aquilo lotado de alvinegros era de uma beleza ímpar.

Sinto uma certa nostalgia quando assisto os jogos por lá.

Porém é um estádio abandonado, que já deveria ter sido demolido.

Parece que a diretoria da lixeira está nos bastidores protelando o máximo possível para que o mesmo não seja demolido.

Se Natal perder a Copa, a gente já pode arranjar os culpados. Mas como aqui os potenciais culpados parecem ter imunidade angelical,só mesmo caindo um meteoro nas proporções daquele que extingiu os dinossauros para nos livrarmos dessa corja.

Gibson Azevedo disse...

Diego, você não estava na inauguração do nosso Estádio. Sendo portanto,ao meu ver, inabilitado para julgar a beleza poética dos seus primeiros dias. Lembre-se disto!...

Vicente Prudêncio disse...

O Machadão é uma lata de lixo pintada. Só isso...

Alexandre Costa disse...

Lembro do "Castelão" com as 4 torres de iluminação, looonge da marquise, que nem precisava de boné pra assistir aos jogos.
O que eu tmb admirava era ver no Castelão era aquela "estátua" olímpica, que se deteriorava a cada vez q eu parava pra ver.
Mudaram muito o estádio.
Era um poema.
Hj é um filme de terror.

Alex Medeiros disse...

Na época do Castelão valia a pena assistir jogos lá, na época Machadão é lamentável, por isso faço das palavras do Diego as minhas tb.

Abraços a todos do BPA.