quarta-feira, 24 de março de 2010

Empate para acordar

O empate registrado hoje entre Santa Cruz e ABC serviu para muitas coisas, principalmente para fazer a torcida e time acordar para a realidade. O 3 a 3 de hoje foi construído com gols de Jackson(2) e Jaime para o Santa Cruz, para o ABC marcaram João Paulo, Renatinho e Ederson.

Novamente ofensivamente o ABC foi senhor do jogo, marcou 3 gols e poderia ter marcado muitos mais, o calcanhar de Aquiles do time foi a defesa. A defesa do Mais Querido é um capítulo a parte, desde o primeiro turno o time não consegue se livrar do numero excessivo de gols que sofre, ou permite que o adversário marque.

Quanto ao ataque, é impressionante a qualidade dos passes de Cascata, tanto é assim que ele deixou João Paulo duas vezes com chances de marcar. Claudemir muito tranqüilo e Ederson com cheiro de gol.

Acho que já passou da hora de mudanças no setor, tanto no miolo de zaga quanto na proteção. A proteção da zaga é mais importante a meu ver que a zaga em um time, a proteção bem feita pode consagrar grandes zagueiros ou acabar carreiras. Não dá mais para contratar,, o prazo para isso expirou, por isso prevejo sufoco sempre o Alvinegro enfrentar algum time com ataques minimamente qualificados.

Foi o que aconteceu hoje, o Alvinegro fez 2 a 0 e na seqüência tomou dois gols em falhas claras de posicionamento dos zagueiros e volantes. Antes disso quando o jogo estava com o placar zerado, o Alvinegro cometeu uma pixotada defensiva que culminou em um pênalti, desperdiçado pelo adversário.

O segundo tempo Alvinegro começou diferente, a postura do time foi diferente, pelo menos defensivamente. Mais segura e trabalhando menos. O ataque trabalhou como sempre, marcou o 3 a 2 por volta dos 10 minutos.

Aparentemente a seqüencia de jogos se fez sentir hoje, percebei alguns atletas ABCdistas com a língua para fora. A conseqüência do cansaço é que o Santa cresceu e aos 40 minutos empatou dando números finais ao jogo.

O empate foi ruim, todos os concorrentes mais próximos encostaram no ABC, que apesar do empate permanece na liderança. Esse empate certamente devera acordar alguns torcedores e jogadores que estimulam ou caem no oba-oba geral. A verdade é que o time do ABC tem um ataque insinuante, mas a defesa é até certo ponto risível. Não sei se Leandro Campos pensa em modificar o setor defensivo, a zaga vem falhando desde fevereiro e ainda permanece a mesma, talvez tenha chegado a hora.

O próximo do ABC jogo será o clássico contra o América no Frasqueirão, ou seja, casa cheia e muita emoção. Não preciso dizer da importância da presença do torcedor. O jogo começará as 17:00hs, mas antes disso teremos na preliminar as equipes sub 17 dos dois times. Além disso, os bares terão musica ao vivo durante a tarde. A festa vai ser boa.

Ficha Técnica

Local: Estadio Iberezão, Santa Cruz/RN.

Arbitro: Andrielly Elkeitt de Oliveira.
Assistente 1: Lorival Cândido das Flores.
Assistente 2: Luciana da Silva.
4º Arbitro: Denes Fernando Regacine.

Santa Cruz(3): Bruno, Angelo, Célio, Puxa (Marcinho), Jaime(1); Hércules, Williams, Fernandes, Jackson(2); Paulinho (Damião) e Somália (Amoroso). Técnico: Paulo Moroni.

ABC(3): Wellington, Marquinhos Mossoró, Tiago Garça, Leonardo, Renatinho(1); Bileu, David (Cleberton), Claudemir (Gabriel Pimba), Cascata; João Paulo(1) e Ederson(1) (Diego Padilha). Técnico: Leandro Campos.

papoalvinegro@gmail.com

4 comentários:

Vicente Prudêncio disse...

Não sei quem é pior na zaga, se Leonardo ou Tiago Garça. Ambos tem defeitos mortais... Sobre a proteção, concordo, também... Marquinhos Mossoró foi peça nula. Não apoiou, o que dele não se esperava, mas também não marcou... Se era para improvisar, que colocasse Edson... Concluindo, precisamos de uma dupla de zaga e de uma dupla de volantes, coisa que é preciso encontrar neste elenco já que não é mais permitido contratar... E João Paulo teve em seus pés, de novo, a bola do jogo. Preferiu baixar a cabeça e errar o gol, ao invés de servir Éderson, este livre... Aiaiai... Sei não em que lugar chega este time do ABC neste segundo turno...

Gibson Azevedo disse...

Com relação a zaga é muito importante separar as coisas. Às vezes, o erro é só de posicionamente, por falta de entrosamento entre os atletas. Outras, são a volantada que, corriqueiramente, pouco entendem de futebol e falham no mínimo que se exige deles: a proteção da zaga. Por fim, existe também a possibilidade da ruindade de um, dos dois ou três zagueiros. Aí, é só batizá-la de Avenida e ficará completo o diagnóstico.
Observemos onde, em que setor e qual o motivo da defesa do ABC está falhando.

Gustavo Lucena disse...

1-Essa zaga tá de brincadeira. No ano em que depois de muito tempo o meio/ataque do ABC se acerta, a defesa anda para trás.

2-Marquinhos Mossoró como lateral-direito é a prova viva de que treinador é que nem mulher de malandro. Já é o terceiro que insiste nesta invenção.

3-Bilau e Deivid me fez ontem sentir o improvável: ter saudades ded Adelmo.

Mauricio disse...

Quero ver os profissionais que foram contratados atuando no setor defencivo, com certeza melhores que os atuais eles saõ...
Chegou a hora de mudar radicalmente!!!
Entrou um volante no segundo tempo do jogo contra o Baraunas, que tem uma pegada forte, anulou um jogador adversario.
Precisamos de gente nova como este, pra vestir a camisa de verdade.