sábado, 13 de fevereiro de 2010

A pé de goleiro ABC perde a segunda

Com falhas do goleiro e falhas defensivas, o ABC perdeu hoje para o ASSU em jogo valido pela 6ª rodada do Campeonato Estadual. O placar de 3 a 2 foi construído com dois gols de Leandro Mineiro e um de Luciano Paraíba para o ASSU, Tiago Garça e João Paulo para o ABC.

Não é possível que o goleiro Yamada permaneça como jogador do ABC. É incrível a falta de qualidade deste atleta, hoje, mais uma vez falhou nos dois primeiros gols do adversário. Isso está se tornando recorrente, falhas em bolas áreas, instabilidade em bola rasteiras, ou seja, já está demorando uma substituição no gol.

Não quero com isso dizer que a derrota do ABC se deveu única exclusivamente por falhas do goleiro, ocorreram falhas principalmente no setor defensivo. O lado esquerdo da defesa Alvinegra foi vulnerável durante os 90 minutos, tanto é assim que os dois primeiros gols do ASSU começaram depois de jogadas naquele setor. O resumo desta opera é que mais uma vez o ABC teve a posse de bola, mas perdeu pela falta de qualidade.

Para piorar o panorama do jogo, o ABC jogou cerca de 70 minutos com um jogador a mais, e no final do jogo, com dois já que um atleta Assuense torceu o joelho e passou apenas a fazer numero.

As deficiências técnicas em alguns setores do time são gritantes, e alguns atletas simplesmente não tem futebol apesar da vontade. O Carlinhos já foi motivo de comentário aqui no BPA, por isso não comentarei, mas outros merecem uma resenha a parte. A lateral direita também é um problema.

O tal do David é brincadeira, é pau de dar em doido, só sabe fazer falta, escapou mais uma vez de ser expulso no jogo de hoje. Não tem uma saída de jogo satisfatória, na verdade deixa muito a desejar, talvez por isso ele só jogue com a caixa de ferramenta aberta.

O João Paulo se tivesse a categoria e a potência no chute que ele acha que tem, o cara estaria jogando do Real Madrid para cima. Na contenda de hoje, tentou um voleio longe do gol que foi ridículo, ao invés de tentar servir outros atletas que estavam dentro da área.

Para fechar o caixão, o Didi Duarte achou de errar nas modificações. Tirou o meia Jaime e colocou o atacante Rodrigo Galvão. O problema certamente não foi a entrada do Rodrigo, mas sim a saída do Jaime, que sem sombra de duvidas é o melhor elemento do ABC. A prova de que errou foi que logo na seqüência saiu o terceiro do camaleão, e a partir daí Didi tentou corrigir o seu erro com as entradas de Nino e Pedrinho.

Parabéns para o ASSU, mas o ABC certamente acordou mais um mortinho na competição, dessa vez o lanterna, e isso pode significar que o primeiro turno esteja escorrendo pelas mãos Alvinegras. O time volta a campo na quinta-feira, quando enfrentará o Potiguar de Mossoró em casa.

Ficha Técnica

Local: Estadio Edgarzão, Assu/RN.

Árbitro: Andrielly Elkeitt de Oliveira.
Assistente 1: Lorival Cândido.
Assistente 2: Luciana da Silva.
4º árbitro: Alex Batista.

ASSU(3): teve Carlão, Tiago, Bruno Assuense, Pantera e Ribamar (Bruno Santa Rosa); Alan, Odair (Adham), Jozicley e Leandro Mineiro(2); Marcelo Assuense(Wellington) e Luciano Paraíba(1). Técnico: Milui Macedo.

ABC(2): Yamada, Marquinhos Mossoró, Tiago Garça(1), Leonardo e Delano; David (Nino), Bileu, Jaime (Rodrigo Galvão) e Andre (Leandrinho); João Paulo(1) e Carlinhos. Tecnico: Didi Duarte.

papoalvinegro@gmail.com

3 comentários:

Silveira disse...

O ABC não mereceu perder, mesmo tendo jogado desfalcado de meio time.

O time do ASSU teve um jogador expulso ainda no primeiro tempo, o que dificultou o jogo do mais querido, já que o time não é acostumado a jogar com um jogador a mais, pois sempre jogamos desfalcados.

De qualquer forma perdemos para o campeão estadual e ainda somos vice-líder.

Com as novas contratações em negociação, inclusive a de Vampeta, temos tudo para ganharmos mais um título.

Além do mais, os dois próximos jogos serão no frasqueirão, sétima maravilha do RN, onde ganhamos 95% dos jogos.

Diego Ivan disse...

Tá maluco doido, só tem surtado nesse meio de mundo.

Anônimo disse...

Esse tal de Silveira só pode ser um ET.