segunda-feira, 9 de novembro de 2009

O Sócio Torcedor tem direito de votar e ser votado: está lá, no contrato de adesão

Gostaria de fazer um alerta aos que são Sócios Torcedores do ABC FC e que estão em dia com suas obrigações.

Vocês, Sócios Torcedores que desembolsam R$ 40,00 mensais, terão sim direito a votar e ser votado nas eleições que acontecerão em dezembro.

Por mais que alguns queiram negar-lhes essa informação ou fazer de conta que tal direito não existe, está lá, registrado no contrato de adesão, exposto no próprio site oficial. O parágrafo 10º do contrato de adesão é claro ao dizer que:

"Ao Sócio Torcedor é assegurado o direito de votar e ser votado para qualquer cargo eletivo do clube, desde que, obedecido o prazo previsto no Estatuto Social do Clube."

A grande maioria dos que permanecem associados datam de 2007-2008, portanto, estarão aptos a votarem em dezembro de 2009.

Caso este direito seja negado, creio eu que o torcedor associado ao Mais Querido deve procurar o Judiciário.

Gustavo Lucena

Photobucket

2 comentários:

Abecedista disse...

Caro Gustavo, como há interesse público na matéria, não seria o caso inclusive de se acionar o Ministério Público, o qual entraria com uma ação coletiva, capaz de resguardar os direitos dos sócios?

Sds Alvinegras.

Abecedista.

Gustavo Lucena disse...

Vamos aguardar Abecedista.

Como a reunião pela votação do Estatuto foi adiada, acho que há tempo hábil para que os Sócios-Torcedores interessados se organizarem para chegarem juntos nessa reunião e pleitearem o direito ao voto.

Eu mandei um e-mail para a imprensa em geral e para o Leonardo Arruda.

O ex-presidente do ABC repassou-o para Marcos Lopes e parece estar propenso a defender os interesses de todos os associados no que tange ao direito ao voto.

Vamos aguardar os fatos.

Uma coisa é certa, se não houver organização entre os associados na busca por um ABC moderno e democrático, tudo vai ficar como estar, independente do ABC ser comandado por um modelo centralizador ou por um "modelo colegiado" tendo a frente as mesmas figurinhas de sempre.