terça-feira, 3 de novembro de 2009

Emblemático

O ABC oficialmente perdeu para a Portuguesa por 2x1, porém extra-oficialmente perdeu para a arbitragem - nitidamente vendida e encomendada pela Federação Paulista - e para a limitação técnica de seu elenco.

O jogo de hoje - que na minha visão sepultou qualquer chance matemática - foi um símbolo fiel daquilo que foi o ABC na Série B.

Um time limitado tecnicamente, que jogou muito mais na vontade e no abafa, mas que quando foi dominado pela Portuguesa não apresentou qualquer perspectiva de reação. E principalmente que perde gols fáceis que seriam fundamentais para escapar do agora consolidado rebaixamento.

Não bastasse a fragilidade do ABC, a arbitragem maliciosamente tratou de fechar o caixão, facilitando a vida da Portuguesa com uma atuação nefasta. Eu diria que o trio de bandidos atuaram como médicos que foram autorizados a desligar os aparelhos de um paciente em estado terminal, pois é de praxe no futebol brasileiro as arbitragens puxarem ainda mais o tapete de clubes que estão na zona de degola.

E mais emblemático ainda é que nesses últimos jogos atuando fora de Natal, a delegação do ABC foi chefiada pelo dublê de comunicação do clube, figura sombria, muito parecida com um corvo, ícone do negativismo que impera no Complexo Vicente Farache, que certamente levou péssimos agouros e fluidos para a delegação dos atletas.

Gustavo Lucena
Photobucket

2 comentários:

João Farias disse...

Até que enfim um comentário sensato e realista. O time do ABC é muito limitado e a diretoria contribuiu decisivamente para o rebaixamento da equipe, quando atrasou os salários dos jogadores durante todo o campeonato. Acho até que o time fez muito, quando reagiu no início do segundo turno, mas pela falta de qualidade técnica deverá terminar na lanterna da competição.

Plínio Altoé disse...

Esses dois últimos jogos (Paraná e Portuguesa) mostraram o que pode acontecer com qualquer time: Ter o azar/incompetencia de marcar (mas dominar) e ser GARFADO pela arbitragem. Porém, para um time se dar ao luxo de sofrer isso, tem que ter uma campanha boa, para que esses jogos não se tornem jogos decisivos para ele.

Assim, o ABC encerra suas chances de qualquer participação na série B de 2010. Um clube que foi medíocre e não merece estar na série B, graças a sua diretoria incompetente.

Digo mais, se o time fosse esse dos dois últimos jogos, com esse mesmo treinador, no começo do campeonato, talvez tivessemos uma sorte melhor. Mas a diretoria é muito mais do que burra, pois persiste no erro até ele ser irreparável.

Acredito que o ABC deve tomar como lição esse rebaixamento e faça um bom trabalho ano que vem na série C, ou irá acabar como o famigerado Santa Crux do Recife.