quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Coluna Melhorou x Piorou: ABC 2x1 Atlético-GO

Com a garganta em frangalhos e uma tremenda ressaca (acordei a contragosto para trabalhar), vem aqui mais uma coluna Melhorou x Piorou, que certamente será a melhor e a mais rasga-seda de todas, pois depois de um jogo como o de ontem, fica difícil manter o senso crítico inabalado. Afinal, sou ABCdista na carne e nessa hora a emoção parece prevelacer sobre a razão.

MELHOROU

Ricardinho - O setor de contenção do Atlético-GO está mais tonto que bêbado-lixo. Ontem ele estava pra lá de tinhoso e insinuante. Foi o cara da partida.

Augusto Recife e Alexandre Oliveira - Um verdadeiro ferrolho no meio de campo. O Augusto Recife ganhou quase todas e fez uma melhor apresentação pelo ABC e o Oliveira deu o passe para o gol de empate.

Zé Eduardo - Estréia acima do esperado, mostrou categoria e marcou o gol da vitória, já caindo nas graças da torcida. Trouxe consistência ao meio-campo e pelo menos a primeira impressão que ficou é de que vai brigar para ser titular.

Sandro - Desta vez foi mais consistente, atuando bem durante todos os 90 minutos. No final do jogo, atuando como um lateral esquerdo mais dedicado a marcação foi surpreendentemente eficaz, não mais deixando as avenidas que marcaram o clássico.

Júnior Negão - Não jogou quase nada, porém fez o que se esperava dele. Ou seja, mais um gol.

Flávio Lopes - Adepto do defensivismo, surpreendeu a todos quando o time estava perdendo, partindo para o tudo-ou-nada onde João Paulo atuou como lateral-direito ajudando a zaga. No abafa, a sua ousadia deu resultado. Consegue extrair dos atletas muita garra.

Frasqueira - Tem feito a diferença sim senhor, transmitindo garra para os jogadores, que cada vez mais se empolgam com a energia das arquibancadas.

Autoestima do time - Segundo a crônica esportiva local, o ABC ontem derrotou o melhor time da competição. E realmente a vitória de ontem colocou o elenco ABCdista num outro patamar de autoestima. De derrotado, o elenco passou a impor respeito e os próprios atletas tomaram consciência de seu potencial. O único cuidado que todos nós que fazemos o ABC FC devemos ter é o maldito salto-alto. Não podemos deixar o sucesso subir a cabeça. Humildade sempre.

NA MESMA

Zaga - Depois de muito tempo, o ABC levou o gol por conta de uma falha coletiva da defesa, depois da bobeira de Audálio. Fora isso, não comprometeu.

Bosco - Muita força de vontade, mas pecou demasiadamente nos cruzamentos.

PIOROU

Arbitragem - Esse Simon é talvez um dos grandes estelionatários do futebol brasileiro. Muito marketing, muita conversa bonita, fica claro que esse cidadão só conseguiu prestígio internacional na base da bajulação aos cartolas da FIFA/CBF. E certamente para chegar aonde chegou, deve ter feito arbitragens tão má-intencionadas quanto as de ontem. Mas o ABC, apoiado pela Frasqueira, frustou alguns planos deste picareta.

Gustavo Lucena

Photobucket

Nenhum comentário: