domingo, 30 de agosto de 2009

O toró de lágrimas do Presidente é uma estratégia eleitoral

Nesse fim de semana o mandatário maior do ABC deu 2 entrevistas pesadas, uma para o Alan de Oliveira e outra para Pedro Neto, nas quais ele mostra as vísceras do ABC, chegando ao ponto de dizer que o ABC poderá chegar ao fim do ano com uma dívida milionária, algo inédito na história do clube.

As entrevistas são verdadeiros torós de lágrimas, porém, comungo do mesmo pensamento de Marcos Lopes de que essa exposição demasiada da crise do ABC não faz bem algum para o clube.

Aliás, vou mais longe. Enquanto o narrador esportivo da Rádio Globo diz que essa exposição aberta das mazelas do clube pode afastar eventuais postuladores do cargo nas eleições, eu digo com toda certeza que isso é sim uma estratégia eleitoral para se manter no cargo.

Não há como esconder esse fato, Judas Tadeu Gurgel não está chorando pitangas a toa. Tudo tem um propósito.

E tudo está muito articulado.

Dizem que só se deve discutir eleições em dezembro. Com isso o status quo ganha tempo e impede que eventuais candidaturas alternativas tenha espaço para apresentarem suas propostas administrativas. Isso sem falar que a eleição é em dezembro e a pré-temporada já começa em janeiro, ou seja, pouquíssimo tempo para elaborar qualquer planejamento.

Depois os puxa-sacos e capatazes do presidente (alguns dos quais são suspeitos de locupletar-se do clube) fazem terrorismo espalhando boatos de que os que são contrários a atual administração e potenciais candidatos são um bando de ladrões que vão roubar o ABC e vender o Frasqueirão, o restante da sede e se apropriar das categorias de base.

E por fim divulgam a tese de que somente Judas Tadeu e seus assessores podem assumir o ABC e que só eles têm capacidade para tanto.

Ou seja, se juntarmos todas as peças, está muito bem desenhado um plano para a manutenção do status quo e da mesma filosofia que impera há anos no ABC, sepultando qualquer perspectiva de renovação.

Se o presidente não estivesse com essa intenção, certamente ele não ficaria expondo as vísceras do ABC de maneira pública, o faria de forma interna e mais, trabalhando nos bastidores para sanar tais débitos. Não é o que acontece.

Gustavo Lucena

Photobucket

8 comentários:

Black Ace disse...

Esta estratégia está claríssima.

Cristalina mesmo.

O roubo tá maior que a dívida, daí o pânico em perder o cargo agora com a bosta boiando.

Abecedista disse...

Caro Gustavo, gostaria que vc me falasse melhor sobre a suspeita de loclupetamento que existe dentro do ABC FC.

Quero saber tudo que vc sabe, para ter mais raiva ainda desta administração que está aí.

Certa vez vc falou que alguns estavam viajando às cutas do clube e desconfiei deste fato, pois de fato há alguns defensores (defendem o indefensável) de Judas Tadeu.

Pior que há destes caras que vão aos treinos e se metem nas conversas sempre defendendo Judas Tadeu.

Defendem o indefensável, repito, com unhas e dentes.

Meu email é abecedista@ig.com.br


Obrigado.

Abecedista.

Anônimo disse...

Meu sonho em ser presidente do ABC ruiu. A frasqueira não faz o mínimo ( a vakinha do ABC ).

Tenho 26 anos e meu pai disse que a geração dele ajudava o clube financeiramente, mas hoje que um bom time com o dinheiro dos outros ( presidente, conselheiros, etc ).

Meu pai já há muito conversa comigo sobre essa loucura de um dia eu querer ser presidente do ABc, mas, hoje, vejo que meu pai tá certo.

A frasqueira só sabe falar. Ajudar nem com a vakinha do ABC.

Estou tão triste com o ABC e a Frasqueira que é melhor não pensar muito.

ney disse...

isso á se tornando muito desistimulante a tal ponto que eu e uns amigos começamos até um um blog, para gente mesmo com noticias, ou o repasse de nóticias de outros blog's, como esse, mas até isso deixei um pouco de mão, por que naõ compensava eu fazer facul, trabalha, estudar até altas horas da madrugada, e ainda colher informações.
sou mais um apaixonado como os responsaveis desse blog, mas assim estamos nos tornando espectadores do circo de um palhaço só.

Diego Ivan disse...

Gustavo, estive relutante em acreditar na sua teoria, mas confesso que a cada entrevista, a cada "desabafo", fico com a impressão que vc está certo.

Se conheço bem o ABC Judas já está eleito se concorrer, pelo simples motivo; o conselho eleito anteriormente foi eleito com ele e por isso são todos macacos de auditório de JT. por isso o que vc escreve fica cada vez mais pertinente.

Abraço!!!

Diego Ivan disse...

Ney, o trabalho é árduo, se engana quem pensa que fazer um blog como esse é um passa tempo.

Confesso que também desanimei, acho que todos perceberam a diminuição de posts. Mas comecei nesse Blog em 2006, exatamente naquele período em que o ABCdista era um mero espectador do futebol nacional. Praticamente me ofereci para o Rafael Meira(criador do Papo Alvinegro), pedindo para escrever aqui. Naquele período sim era difícil, mais do que agora.

É um clichê mas é verdade, a luta continua, vamos pra cima, nada de recuar, é sangue nos olhos e faca entre os dentes.

Abraço!!!

Luciano disse...

Exatamente Gustavo.
Se a gente não abrir os olhos eles continuam no Poder.
Continuo dizendo que é hora de pensar sim na eleição do ABC, pois do contrário as mesmas aves de rapina continuarão lá.

Alex Medeiros disse...

Olá pessoal,

O que o Diego Ivan colocou no comentário dele é semelhante ao que penso tb, estou começando a achar que esse chororô é devido a razões políticas. Gostaria muito que o estatuto fosse alterado para que os sócios-torcedores tivessem direito a votos tb.

O ABC precisa de sangue novo, jovem em sua diretoria. O futebol mudou, mas parece que a nossa diretoria não acompanhou essa mudança.

Abraços a todos.