segunda-feira, 17 de agosto de 2009

As razões...

A situação do ABC atual, já era aguardada há certo tempo.

Pra falar a verdade, desde o final o campeonato da segundona ano passado.

Time que quer manter um bom nível em competições nacionais, deve mentalizar o seguinte Mantra todos os dias "os bons tem que ficar... os ruins tem que sair..." e realmente se esforçar para seguir este objetivo com afinco.

De nada adianta formar um time competitivo em ano, e no dia seguinte ao término da competição dispensar os BONS por não ter condições em mantê-los.

Mas um menino de 05 anos com o bucho cheio de lombrigas vai me perguntar: Dotô, mais num sai mais caro tê que contratá dispois uma ruma de perna-di-pau pra num fazê a metade do que aquele ôtro fazia???

Ééééééé minha cara criança lombriguenta, você tem razão...

Sai muito mais caro, e com grandes chances de não dar certo, contratar a "borra" dos times do sul, mas como temos grandes ABNEGADOS à frente do time, isto não é problema.

Resultado:

Clube com mais de 1 MILHÃO DE REAIS EM DÍVIDAS
Salários atrasados (grande parte da culpa pela falta de tesão em jogar)
Rebaixamento a uma divisão inferior
Falta de perspectivas em fechar patrocínio de vergonha (quem quer associar a sua marca a time perdedor).

Judas pegou o time em 1998, campeão de 1997 e com o time pronto e armado para ser campeão em 98, daí eu afirmar que os títulos deste dois anos são de Leonardo Arruda.

Em 1999 fizemos o melhor time de futebol que ví desde final dos anos 70, e por teimosia de Judas em manter Ferdinando quase caímos neste ano.

Em 2000 fizemos a nossa melhor participação na história da copa do Brasil, com um time competitivo e bem dirigido.

No ano seguinte o rebaixamento vergonhoso à série C.

Nesta mesma década ficamos por duas oportunidades (graças a Deus nem me lembro dos anos) ficamos fora de tudo, ou seja, sem disputar nada a nível nacional.

Passamos por vexames homéricos na série C, Passamos por vexames homéricos na Copa do Brasil.

E estamos envergonhados desde o começo do ano.

O Santa Cruz e o Paysandu, são os exemplos do que o amadorismo extremo pode levar um time de futebol.

Seremos os próximos nesta lista???

Por uma gerência profissional para o ABC.

Tadeu pegou o time campeão estadual, com uma dívida de 300 mil reais,mas com salários em dia e na série B.

Vai sair com o time sem ganhar nem um turno este ano, rebaixado, com uma mega dívida, salários e fornecedores atrasados.

Já vai tarde Judas...

O ABC não é um estádio, mas um time de futebol.

Photobucket

2 comentários:

Gustavo Lucena disse...

Black Ace, quanto a saída de Judas Tadeu, eu prefiro esperar o veredicto das urnas no fim do ano.

O que se fala nos bastidores é que ele é muito forte, existe muitos intere$$e$ na permanência de JT.

Tem patrocinador que estampa sua marca na camisa do ABC de graça.

Não sou eu quem diz isso, a gente infere nas entrevistas do próprio JT quando diz que apenas ERK (fornecendo material esportivo), EMS e Ster Bom patrocinam o ABC. Os demais patrocinadores estampados na camisa (ainda que em espaços minúsculos) não dão um tostão.

Além disso, já escutei rumores de que tem uma gama de conselheiros/torcedores que viajam/comem as custas do ABC. E esse povo vota. Será que eles querem perder uma teta tão generosa?

Abecedista disse...

Os fatos narrados são graves...

É preciso investigação com afinco...

Sds Alvinegras.

Abecedista.