sábado, 16 de fevereiro de 2013

Reformulações nos setores mais deficientes? Acho difícil...

A eliminação na Copa do Nordeste muito se deve ao fato de que o ABC não teve um ataque que inspirasse confiança. 

Muito pelo contrário, apesar dos muitos gols, foi nesse setor que proporcionou as maiores dores de cabeça ao torcedor, ainda mais quando ficou patente que os demais setores do time titular vêm apresentando um desempenho competitivo. 

Além do ataque, alguns atletas de outras posições também não agradaram, ou não estão sendo utilizados. O exemplo disso são os volantes Leandro e Marabá, que inclusive foram recentemente preteridos pelo recém promovido das categorias de base Simão. 

Ou seja, é um momento ideal para começar a fazer as primeiras reformulações. Reconheço porém que, para fazer uma assepsia no elenco (dispensas, contratações, promoção de atletas das cat. de base), a margem de manobra é quase inexistente. 

Para dispensar Rodrigo Silva, Jeff Silva, Canga, os volantes que não foram e não deverão ser utilizados, o ABC tem que desembolsar uma boa grana que provavelmente não tem, pois é de conhecimento do público que o clube encontra-se com as finanças cambaleando. 

Para contratar, as dificuldades consistem no fato de encontrar atletas mais qualificados dos que os que já estão no ABC. O ABC não tem mais o direito de cometer o erro de contratar jogadores ruins, sob pena de se endividar e trazer aborrecimentos. 

E até mesmo para promover atletas das cat. de base para suprir eventuais lacunas que surgiriam com as dispensas a situação complica. O Estadual é a competição perfeita para lançar esses atletas e os avaliarem, porém, o ABC praticamente se desfez das bases, emprestando seus atletas para concorrentes diretos. Se tivessem emprestado-os para clubes de outros Estados - política defendida por Judas Tadeu, conforme ele me falou certa vez - a situação era reversível. 

Enfim, é uma situação bem difícil. Resta torcer para que os atacantes Júnior e Jheimy deslanchem, que o Givanildo resolva testar Romarinho, que o Bombinha se recupere, que os titulares do meio-campo para trás não sofram contusões e continuem voando, etc. 

Gustavo Lucena

Um comentário:

João Maria disse...

A torcida do ABC estava totalmente enganada ao eleger esse time que aí está como de boa qualidade. Perdeu ontem em pleno frasqueirão para ex-jogadores dispensados do próprio ABC e para a tática mais do que conhecida do técnico Leandro Campos. Foi uma decepção total e humilhante.
O ASA nunca perdeu para o ABC e hoje sua torcida canta feliz: o ASA arreia, arreia, arreia, arreia, arreia, arreia ...
Arreou o ABC em pleno frasqueirão!