domingo, 20 de junho de 2010

Se não houver interesses escusos, a seleção da cbf será hexa

Faz tempo que não me empolgo com a seleção brasileira. De uns tempos para cá resolvi chamá-la jocosamente de seleção da cbf, em razão dos interesses escusos predominantes nas convocações e pelo fato de que a cada conquista da seleção ajuda o sr. Ricardo Teixeira a se perpetuar no poder.

A seleção da cbf é a personificação do paradoxo do futebol brasileiro. A medida em que ela conquista títulos e condecorações, o futebol pátrio afunda mais e mais com clubes cada vez mais pobres e competições cada vez mais desprezadas e desvalorizadas.

Por isso que hoje eu não vibrei minimamente, em contraposição aos meus familiares e minha esposa. Para mim, cada vitória da cbf representa uma derrota dos clubes brasileiros, pois ela camufla os problemas e deficiências do futebol tupiniquim.

Essa descrição preliminar sobre o que penso pela seleção serve apenas para mostrar o quanto é isenta a minha análise que se segue.

A seleção da CBF tem tudo para levar o hexa. Tal constatação simples e linear é suportada por vários motivos:

1-Essa Copa do Mundo está sendo a Copa dos sistemas defensivos. Em regra, estão vencedo aquelas seleções que possuem uma defesa compacta que seja capaz de emendar contra-ataques mortais. A seleção da cbf possui o melhor goleiro e a melhor dupla de zagueiros do planeta. Eu diria que quem vem fazendo a diferença desde 2006 são Júlio César, Lúcio e Juan. Esses sim são os caras, as estrelas máximas da companhia. E os contra-ataques vem sendo fulminantes. Nisso a seleção da cbf é imbatível.

2-As camisas amarela ou azul metem um medo desgraçado na concorrência. Fica a impressão de que se Dunga tivesse convocado jogadores como Valney, Cauê, Fabiano Silva e Marco Aurélio, ainda assim a seleção da cbf botaria medo.

3-Dunga pode ser sacado que nesta Copa o talento individual seria ofuscado pela coletividade, e que uma contenção bem armada poderia fazer a diferença. Daí porque o anão não ter convocado Ronaldinho Gaúcho, Alexandre Pato, Ganso e outros que estariam na boca do povo. Não sei porque, mas a seleção da cbf me lembra a seleção da Itália em 2006, que foi campeã sob o protesto e a fúria de toda a opinião pública não-italiana, que não aceitou de jeito nenhum que pernas-de-pau como Canavarro, Grosso, Gatuzzo, Camoranesi ostentassem o título de tetracampeões. Eu mesmo como brasileiro e apreciador do bom futebol acharei uma aberração ver Júlio Baptista, Felipe Mello, Josué, Michel Bastos beijarem a Taça FIFA no dia 11/7.

4-Dunga acertadamente fechou o grupo e este o apóia incondicionalmente. Há notícias de que nem mesmo os todo-poderosos da cbf aguentam o anão. Os maganos querem vê-lo longe do Rio de Janeiro a partir do dia 12/7. Mas os atletas parecem avessos a esse tipo de pressão velada, e parecem dar o sangue pelo treinador.

5-Dunga isolou os atletas do ôba-ôba da imprensa, em especial da Rede Globo. Foi uma medida importante, pois com isso acabou aquela promiscuidade que a vênus platinada tinha com os atletas, com a emissora se achando dona da seleção (vocês já repararam que ela nem fala mais "seleção brasileira"? Ela fala "nossa seleção", numa clara intensão de se apropriar dos convocados pela cbf). Dunga trouxe um pouco de autoridade a seleção da cbf.

6-A concorrência possuem falhas fatais. A seleção argentina, p.ex., possui um sistema defensivo horrível. E a seleção alemã já deu mostras de que, quando está em desvantagem no placar parece sentir dificuldades de reação. Eu falei apenas das 2 principais concorrentes da seleção da cbf. As demais não estão a altura dos comandados de Dunga.

Em suma, em condições normais de temperatura e altitude, o hexa é algo real. Resta saber porém se as teorias das conspirações que tanto falam existem de fato, pois é notório que existe um interesse político muito grande no fracasso dos comandados do Dunga, pois o hexa, além de abrir ainda mais a fenda existente entre a seleção da cbf e a concorrência, poderá dar mais poderes ao sr. Ricardo Teixeira, que almeja ocupar a presidência da FIFA ao final de 2014.

Gustavo Lucena

Photobucket

2 comentários:

fernando disse...

não tem coisa mais nojenta do que a rede globo e a imprensa paulista. so por esse motivo eu torço pela seleção!

Diego Ivan disse...

Amigo, COpa do Mundo ´´e diferente, tá tudo conspirando para o Hexa, mas basta uma besteira para a Copa ir para o saco.

Vide Ronaldo em 98.

Amigo, faltando 15 minutos para o fim da final, você me acorda e diz se eu não tinha razão.